Talvez o amor seja talvez

talvez

 

Como definir o amor? Machado uma vez disse que a melhor definição do amor não vale um beijo. E com isso eu só posso concordar. Como decifrar o mais enigmático dos subjetivos sentimentos da vã alma humana? Aliás, por que perder o seu tempo com isso? Não vale um tostão furado, quanto mais um beijo. A definição, é claro. O amor vale por demais. Mas me intriga a mania em querer empacotar em um molde o único sentimento que não deveria ser um verbete dentro de um dicionário, mas ser o próprio dicionário.

Sempre parti do princípio que pra cada um existe um amor. E, portanto, não há fórmula já que a receita agiria de forma diferente em cada paciente. Se você ama de doer um felizardo que teve a honra de roubar pra si seu coração, e adora cantar isso aos quatro ventos, ótimo, faça, grite!, porque pra você o amor é isso, mas não fique triste se o parceiro não fizer o mesmo. Não é porque ele não te disse que te ama a cada 60 minutos que ele não sinta, mas simplesmente porque sua forma de amar possa ser diferente e nesse caso talvez goste mais de mostrar do que dizer.

Porque se para Camões o amor é fogo que arde sem se ver, para mim é um quebra cabeça que vai se encaixando com peças diferentes. Não é algo que vem pronto, “simplesmente amei”, mas que é construído com a união de outros anseios que a você são importantes. Um exemplo: para mim a evolução desse sentimento maior passa necessariamente pelo caminho da admiração. Todas as pessoas amadas por esse pobre coração foram antes admiradas  – em sua maioria por seu conhecimento e determinação, valores que pessoalmente valorizo – e embora ache dificílimo amar quem antes não foi admirado, aceito que o amor não escolhe e que os motivos para lhe causar tal apreço sejam diametralmente opostos aos meus. (E talvez aí você descubra que Clarice tinha razão e que já era amor antes de ser, nos levando a questionar quem nasceu primeiro. Foi a admiração que brotou o amor ou o amor que regou a admiração? Como todo problema do coração, vai saber…)

Talvez nesse hospício de definições que não definem coisa alguma, certo mesmo estava o mais são dos filósofos. “Há sempre alguma loucura no amor.” E há de se ter. Não é possível que o mais belo fruto da árvore de Adão possa conter tamanho sofrimento retratado todos os dias. Ou talvez até possa, considerando que seja esse um sentimento evoluído demais para nossa pseudosabedoria compreender e por isso talvez, como uma criança na iminência de andar troquemos passos tão trôpegos e incertos, uma hora amando de morrer, outra matando por amor.

E se Nietzsche perdeu tempo e juízo nesse dilema indissolúvel que só se torna mais confuso, eu que não farei o mesmo. Seguirei vivendo-o a minha forma, não querendo compreendê-lo, já que mentes mais brilhantes já tentaram e não conseguiram, mas respeitando as diferentes formas de apreciá-lo, que são muitas e saborosas. Nesse labirinto de caminhos em que se perder talvez seja bom, seguirei buscando a paz de um coração amado, e se não for pedir muito, morrer como Quintana, o homem que morreu de amor, mas continuou vivendo.

Moda Feminina | Detetive de Estilo

detetive1

 

Mais um Detetive de Estilo das nossas queridas e amadas fast fashions. Fui ao Boulevard e dei uma passadinha na C&A, Riachuelo e Renner. Abaixo conto para vocês mais um pouco sobre cada uma delas.

P.S.: Desculpem a qualidade das fotos, meu celular estava de TPM nesse dia. =(

 

detetive2

Achei esse macaquinho lindo por R$ 79,90. Tem um detalhe bonito nas costas e achei que vestiu super bem!

 

detetive3

Queria ter trazido essa flare linda pra casa, mas não deu $$$! Estava na promo de R$ 79,90 e o jeans é muito bonito e tem uns rasgados legais…

 

detetive4

Vi ontem que essas rendinhas do estilo pijama são a nova tendência. Então tratei de tirar uma foto. Estava por R$ 79,90 e é super confortável. A legging floral eu trouxe pra casa comigo, estava por R$ 35,90 e na hora que passei no caixa TCHARAM! R$ 29,90 – ADORO!

 

detetive5

Sapatinhos munitinhos na Riachu. Alpargata por R$ 59,90, essa sandália diva estilo Schutz por R$ 99,90 e esse modelinho de tênis estilo Keds por R$ 49,90.

 

detetive6

Achei linda essa batinha preta com manguinhas de babado, estava por R$ 79,90, O kimono última moda estava também por R$ 79,90. O que está acontecendo que tudo estava de R$ 79,90? Oi?

 

detetive7

Bolsas coleção Ateen para C&A. Caras, porém DIVAS! A primeira por R$ 169,90 e a segunda por R$ 199,90. Ui! E esse peep toe nude (tem que ter) por apenas R$ 49,90 Dilmas.

 

detetive8

Passei rapidamente na Renner, então não vi muita coisa. Mas achei esse vestido preto bafhônico para as festas de final de ano, por R$ 159,90 todo em renda guipir. E essa camisa jeans que amei demais por R$ 99,90.

 

E vocês, acharam mais algumas coisitas essa semana? Gostaram dos achadinhos?

 

Playlist do mês | Chuva + Edredom

playlist do mes

Sábado e domingo passados, enfim, caiu uma chuvinha. E antes que ela fosse embora, nos empacotamos num edredom, fizemos uma palha italiana e curtimos juntos uma musiquinha intercalando com o Netflix. Programa baratinho baratinho, mas que nos deixa felizes por demais da conta. E como acreditamos que um dos prazeres da vida está em se curtir escutando algo que valha a pena, fizemos uma playlist daquilo que ouvimos nesses momentos, especialmente em dias chuvosos como o de ontem. Ouça e relaxe nessa segunda feira cinzenta.

 


James Blunt – When I find love again


Ingrid Michaelson – Everybody


Alex and Sierra – Scarecrow


Colbie Caillat – Live it up


Sam Smith – Stay with me


Magic! – Rude


Boyce Avenue – Waves


Coldplay – A Sky Full of Stars


Calvi Harris ft Ellie Goulding – Outside


John Mayer – Dear Marie

MODA FEMININA | Dicas para alongar e afinar a silhueta – PARTE 2

Na última sexta postamos alguns truquezinhos femininos que são o máximo na hora de compor um look que favoreça seu biotipo valorizando uma silhueta mais fina e esbelta. Pois então, como era muita coisa legal pra falar sobre o mesmo tema, trazemos hoje a segunda parte do post, com dicas fáceis e visuais daquilo que pode fazer uma super diferença na hora de escolher entre uma peça e outra. É de se impressionar! Veja e aproveite o fim de semana para botar as “técnicas” MARA em ação.

Quer ver a parte 1 desse post? Clique aqui!

 

magra6

 

 

magra7

 

 

magra8

 

 

magra9

 

 

magra10

 

 

magra11

 

E aí, faltou algum truquezinho que vale a pena compartilhar? Conta pra gente!

 

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.

Um amor pra cada dia

coração

 

Um amor pros dias chuvosos que você acordar e não quiser levantar

Um amor pros dias de sol que você vai sair e não vai querer mais voltar

Um amor pras noites de estrelas passadas em claro com um destino a seguir

Um amor pras noites sem lua que canto ao ouvido até vê-la dormir

Um amor pras horas de colo, seu corpo encolhido a se enroscar no meu

Um amor pro braço do abraço, seu gosto gostoso, a me apertar no seu

Um amor pras horas de papo, onde o dia passa rápido e não há embaraço

Um amor pras demais amizades, porque cada um precisa usar seu espaço

Um amor pra quem me vira a cabeça, que de tanta beleza me rouba o ar

Um amor pra quem tira o meu sono, invade o meu sonho e me leva a suar

Um amor pros momentos de dor, coração que dispara e o médico não sara

Um amor pra quem cala e espera, ouvindo o silêncio do tempo que fala

Um amor pros períodos sem céu, onde o mel vira fel e desata a brigar

Um amor pra quem chora e sorri e entende que na vida é melhor perdoar

Um amor pra quem sonha e planeja, com a velha peleja, com força e fé

Um amor pra quem planta e colhe, não desiste da luta e enfrenta a maré

Um amor pros cabelos compridos, olhinhos apertados e coração de manteiga

Um amor pro meu queixo lisinho, palavras de apoio quase sempre tão meigas

Um amor pros apelidos estranhos, Bebeca, Nenoca, Negota, Amorinha

Um amor pras vontades tão nossas que já não sei mais se eram suas ou minhas

Um amor pra minha querida, minha eterna guarida, meu amor sem medida

Um amor pra mulher que escolhi, acordar lado a lado em cada dia da vida.

 

 

 

Look Duplo | Dias de sol

p1

Continuando a série de looks para a estação primavera/verão o Estilo a dois traz hoje uma opção para um passeio diurno casual, (feirinha, churrasco, almoço com a família ou shopping) onde o calor não esteja de matar. Dessa forma é possível combinar elementos coloridos como as estampas da camisa do Trick (que adoro) e de minha calça floral com tons mais frios e monocromáticos, como o cinza. Soma-se ainda a estabilidade do jeans (espero que tenham reparado nossa combinação proposital hahaha).

Veja também: Look duplo | Primavera

Ah, para uma proposta dessa o tênis vai muito bem, obrigada. E no meu caso combina com o estilo meio girly que queria para a proposta primaveril do look, realçando os acessórios como o lacinho rosa do cabelo, a bolsa carteiro turquesa e a calça floral. No do Trick combina com azul manchado e com a barra desfiada da bermuda. Com uma camisa dessas, não precisava de mais informação do que já tem.

 

p6

dela1

(Jaqueta jeans – C&A | Regata  – Hering | Calça – Renner  | Tênis – Keds | Bolsa – Brás SP)

 

 

p7

dele1

(Camisa – Riachuelo | Bermuda  – Riachuelo | Tênis – New Balance | Relógio – Puma)

 

 

p8duplo1

 

 

CRÉDITOS:

Bruno Silva Fotografia

MODA FEMININA | Dicas para alongar e afinar a silhueta – PARTE 1

magra

 

Não é nenhuma novidade que a maior parte de nós mulheres (se não todas) sempre queremos parecer mais magras. Porém, o que muitas ainda não sabem ou não se lembram são alguns truques clássicos que alongam e afinam a silhueta sem ter de perder os tão difíceis quilinhos extras. Por isso, separei algumas diquinhas valiosas na hora de montar o look que podem ser uma mão na roda. Dividi o post em 2 porque são muitas coisas pra falar. Então fique ligada porque teremos outro post de continuação em breve.

 

magra1

 

 

 

magra2

 

 

 

magra3

 

 

 

magra4

 

 

E aí, flores, o que acharam?

 

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.

 

Trash – A Esperança Vem do Lixo | Um filme para refletir

Figura1

 

Começou sem grande expectativa, afinal era um filme de aparência nacional (já começa daí o preconceito) com uma história próxima do clichê que protagoniza o cinema brasileiro – policial corrupto, favelado ladrão – e terminou com a certeza de que fomos ao cinema assistir a um dos melhores filmes do ano, com uma trama instigante e uma história deliciosamente emotiva e reflexiva.

Trash – A Esperança Vem do Lixo conta a história de Gardo, Raphael e Rato, 3 garotos que vivem em um grande lixão do Rio de Janeiro. A história começa com José Ângelo, personagem de Wagner Moura que durante uma perseguição policial joga sua carteira na caçamba de um caminhão de lixo.  No lixão, Raphael, um dos três adolescentes protagonistas, encontra a carteira preciosa com informações que provocam uma verdadeira caça ao tesouro, envolvendo política, corrupção, esperança e redenção. Nessa busca pelas informações dispostas na carteira, o trio passa por inúmeras adversidades, entre elas a polícia liderada pelo capacho do poder Selton Mello.

Embora dirigido por Stephen Daldry e roteirizado por Richard Curtis, o filme apresenta uma grande identidade tupiniquim. A prova disso está nos diálogos cheios de gírias e expressões verossímeis com o ambiente retratado. A direção de arte, com cenas passadas no lixão também são impressionantes e a forma como essa realidade, tão distante, mas ao mesmo tempo tão próxima foi apresentada me deixou verdadeiramente chocado. Aquilo é um mundo e é inimaginável que pessoas ainda morem nele.

 

Figura2

 

Contudo, apesar do grande alarde pela primeira filmagem com os dois principais astros do cinema nacional juntos – Wagner Moura e Selton Mello, foram os três garotinhos escolhidos para viver os protagonistas do filme que roubaram a cena. Em geral, não sou de me emocionar em filmes, pois entendo aquela como uma obra de ficção e entretenimento e a valorizo dessa forma, porém em vários momentos de Trash a emoção bateu forte. As dificuldades vividas pelos personagens (sinceramente, só o fato de ver a condição de vida dessas crianças já é profundamente tocante), o ritmo intenso da busca, as cenas fortes de violência e principalmente a cumplicidade e amizade entre eles provocam uma grande descarga emocional que vale a pena ser sentida.

Crítica, técnica e chatisticamente falando, esse não é o melhor filme que já vi, pois em alguns momentos apresentam algumas inconsistências e buracos na história. Mas como obra que cumpre aos desejos humanos por um entretenimento que lhe desperte alguma forma de sentimento, esse é sim um dos filmes mais tocantes que assisti. Uma peça que na pior das hipóteses o fará refletir um pouco depois de sair da sala do cinema. E se o filme conseguiu isso, meu amigo, ele já valeu o custo do ingresso.

 

 

 

Look Duplo | Primavera

p1Com esse calor de matar que está em Belo Horizonte (e no Brasil inteiro, acredito) o look duplo da vez não podia ser diferente. Vestidinho soltinho pra mim, bermuda e alpargatas pra ele. Por isso, aproveitamos uma composição mais fresquinha pra valorizar alguns acessórios que com um pouco de imaginação podem dar um toque todo especial ao look. No meu caso, além do vestidinho primaveril, investi em algumas peças chaves. #comoviversem? Destaque pra pulseira MA-RA-VI-LHO-SA da Sturari. Além da minha sandália super discreta #sqn.

No caso do Pk, além da bermuda de linho e as alpargatas que estão super na moda nessa estação, o chapeuzinho da um estilo primavera/verão muito legal. Alguns homens hesitam em arriscar, mas quando usado com bom senso o chapéu é um charme que só. Agora deixa de papo e vejam as fotos do look duplo abaixo.

 

 

p6

dela2

(Vestido – Marisa | Sandália  – Schutz | Pulseira – Sturari  | Bolsa – Centro de BH)

 

 

p7

dele3

(Camisa – Zara | Bermuda – Riachuelo | Alpargatas – Havaianas | Chapéu – Renner)

 

 

p8

duplo

 

CRÉDITOS:

Bruno Silva Fotografia

MODA MASCULINA | Itens básicos do guarda-roupa

itens10

 

Observando o comportamento dos meus amigos vejo que muitos homens têm receio de discutir moda masculina por imaginar que determinada peça é “diferente demais” para ele usar. Às vezes ele até curte quando vê no manequim, mas não consegue se imaginar usando “aquilo” no trabalho com a galera do setor ou no churrasco com os amigos zoadores. Porém, o que penso da moda, e especificamente a masculina, não tem muito a ver com utilização ou não das roupas mais bombadas (e diferentes) da estação, mas sim com a composição do estilo de cada um e que tende a ser o reflexo de sua personalidade. Como sempre, não adianta ter a ferramenta certa se não saber como usá-la, portanto, não serão as peças mais descoladas que irão definir o seu estilo, mas sim o bom gosto para usar e variar as peças tradicionais que correspondem a 80% de nosso guarda-roupa.

Por isso, criamos o post com as peças mais básicas e versáteis do guarda-roupa masculino, que poderão lhe proporcionar uma infinidade de combinações para os mais diferentes estilos e ocasiões. Diferentemente das mulheres, nós não precisamos de um armário lotado de peças que nunca usamos, mas de criatividade e bom senso para compô-las de acordo com o objetivo. Veja.

 

1 – CAMISA PÓLO

O barato da Pólo é que ela trafega facilmente entre um ar mais descontraído e casual e o mais elegante e sofisticado. Mas ouse além dos tons clássicos e neutros. Por ser uma peça básica são as cores mais fortes e de destaque que deixarão o visual moderno e com muito estilo.

 

itens3

 

2 – CAMISA SOCIAL

Por mais que seu estilo não seja social ou você não precise trabalhar de roupa social, um dia ou outro você vai precisar de uma camisa bem alinhada e de qualidade e isso faz toda a diferença. Aliás, faz tanta diferença que é um dos únicos itens que faço questão de comprar em uma loja de melhor acabamento, como Crawford, Siberian ou VR. Com várias possibilidades de uso (pra dentro e pra fora da calça, com a manga dobrada ou não, com calça ou bermuda) a camisa social é um item indispensável e pode transformar uma produção.

 

itens4

 

3 – BERMUDAS

Como vivemos em um país tropical, pobre do homem que não usar uma bermuda. Embora a moda mudou bastante nos últimos anos, saindo daquele famoso bermudão para uma peça acima do joelho, o segredo das bermudas é a combinação com uma outra peça, como um sapato – dockside ou sapatênis, cintos e camisetas.

 

itens5

 

4 – CALÇA JEANS

Precisa falar alguma coisa? Não tem como um homem sobreviver sem um bom jeans. Mas por favor, com um bom corte e que sirva bem. Desculpe quem gosta, mas calça jeans com o gavião lá em baixo é feio demais. Dê preferência para as peças um pouco mais ajustadas, pois deixará a composição mais moderna e valorizará o seu porte físico.

 

itens6

 

5 – SAPATÊNIS

Depois de muito usado o sapatênis já foi demonizado por vários fashionistas de plantão. Não é o meu calçado preferido, embora depois daquela febre da Osklen eu tenha comprado uns dois, contudo, é com certeza o mais versátil. Dá pra usar com bermuda, calça jeans, calça de sarja, coloridas, camisa social, pólo, camiseta estampada, enfim, não tem limites. Ter um sapato como esse é garantia de estar quase sempre bem ajustado à ocasião.

tenis

E aí, está faltando um desses no seu armário?

 

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.