PLAYLIST | Música pra namorar

playlist do mes

Estávamos repassando o conteúdo do blog e pensamos: há quanto tempo não temos uma playlist?

E com o tanto de música boa que temos ouvido, pensamos em levantar hoje algumas das que gostamos de ouvir juntinho. Aquelas que são um convite a uma carícia, um chamego, um dengo… e por aí vai.

Se tem alguma da sua playlist de românticas que faltou aqui, conte pra gente. Afinal, quem não gosta de música pra namorar?

 


Echosmith – Cool Kids


James Blunt – Bonfire Heart


Phillip Phillips – Ranging Fire


Vance Joy – Riptide


Maroon 5 – Daylight


Sam Smith – I´m not the only one


Jason Mraz – We can take the long way


Ed Sheeran – Lego House


Coldplay – Yellow


Michael Bublé – Home

RELACIONAMENTO | Futebol também é programa de casal

bola

Aristóteles, baluarte do conhecimento filosófico e letrado que era em assuntos do coração já dizia: “case com uma mulher que reconheça um impedimento no jogo de futebol”. Invejosos dirão que é mentira, mas certo é que aquele negócio de mulher e futebol não combinar já deixou de ser verdade há muito tempo. Cada vez mais elas fazem parte do universo que é paixão nacional, seja assistindo aos jogos, comprando uniformes e (sim) indo ao estádio torcer pelo seu time.

Preferências clubísticas à parte (que o autor aqui não faz a menor questão em esconder) o foco do post é chamar a atenção para uma realidade que só tende a aumentar: ir ao campo também pode ser um programa de casal. Tá certo que assistir futebol para o homem representa mais do que um mero evento de fim de semana. É um ritual. Não se trata simplesmente de sair de casa às 15 para chegar ao estádio 15h30, assistir ao jogo que começa 16 e voltar às 18. Há toda uma preparação que envolve um planejamento minucioso e começa bem cedo, antes do horário do almoço. E em muitos casos, vale mais a resenha do pré-jogo, regado a cerveja e churrasco do que propriamente assistir a peleja.

bola1

Mas se engana quem pensa que esse é um lugar de confrarias masculinas onde a mulher não pode entrar. Pelo contrário. Inserir a amada nesse contexto é uma excelente forma de unir lado a lado duas paixões que não precisam viver separadas. Além disso, reforçará ainda mais a afinidade entre os dois, que terão bons momentos para dividir, vibrando e chorando juntos, com cada um tendo no outro seu grande parceiro. Digo isso por experiência própria. Eu, como frequentador assíduo de estádio, sempre tento levar a Lu. Nem sempre é fácil (o ingresso não é barato e às vezes fica difícil explicar a ela a importância de um Galo x Joinvile), mas sempre quando ela anima é uma delícia. Um domingo diferente, no qual não é necessário escolhermos entre duas opções. Ambas se completam e deixam tudo muito mais divertido. Além do mais, caro Aristóteles, ela ainda sabe o que é um impedimento e é pé quente. É ou não é pra casar?

bola2

No nosso caso deu certo. As duas famílias carregam no coração a bandeira do mesmo clube. Mas nem tudo são flores. Casais de torcedores de times rivais devem viver uma situação mais delicada. Em todo o caso, como diz o poeta, “o futebol é a coisa mais importante dentre as coisas menos importantes”, logo, certamente isso não deverá ser motivo de briga e a rivalidade pode até aquecer ainda mais o relacionamento. Quem sabe? Afinal, Vander Lee já cantava:

Ela finge que não, mas no seu coração

ainda sou artilheiro.

Só faz isso porque, meu irmão,

eu sou Galo e ela é Cruzeiro.

 

MODA FEMININA | Como usar colete de pelos

colete de pelos1

Os coletes se tornaram item fashion no guarda-roupa feminino na década de 60. Mas de lá pra cá eles ficaram ora escondidos como coadjuvantes, ora bombando no corpo de mulheres poderosas e cheias de estilo. Mas como clássico é clássico (e vice-versa), novamente ele está aí, com força total e provando que todo mundo pode sim usá-lo.

Já falei aqui em outros posts da importância da terceira peça, que deixa o look muito mais interessante e fácil de ser pensado. O colete funciona bem para isso e é muito versátil, além de combinar bem com tudo – vestidos, jeans, alfaiataria, meia calça, couro, ele ajuda a transformar um visual simples em algo mais glamouroso.

O inverno chegou: Sua principal vantagem é que, além do estilo, ele ainda deixa você muito mais quentinha para a época mais fria do ano.

colete de pelos2

Se você está com dúvidas ou precisa de algumas inspirações de como usar, seguem algumas dicas e looks lindos e que dá vontade de sair correndo pra comprar um coletinho pra chamar de seu!

E não podemos esquecer do mais importante, pelos fake, por favor. De pelo de verdade já basta o do seu gato, vide post recente!

 

colete de pelos3

 

 

colete de pelos4

 

 

colete de pelos5

 

– Não quer arriscar? Calça skinny, uma botinha e camisa! Não tem erro!

– Quer ser mais inovadora? Jogue o colete por cima de uma jaqueta ou cardigã.

– Vale também usar um cinto para marcar a cintura, fica um charme!

– Para um visual mais rocker, use com com peças de roupa de cores mais escuras e se quiser mais romântico, tons claros são os mais indicados.

– Não tem como errar, o colete de pelos combina com saias, vestidos, calças, shorts…

 

colete de pelos6

Créditos: Bruno Silva Fotografia

 

E aí, já comprou o seu para esse inverno?

 

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.

Moda masculina | Com pelo ou sem pelo? Eis a questão

depilac3a7c3a3o

Lisinho, aparado ou Tony Ramos? Preferências à parte, pelos masculinos compõe um tema cabeludo (me desculpe pelo trocadilho infame) desde a era das cavernas. E se no tempo de nossos primos Neandertais os cabelinhos sobre o corpo tinham importante função fisiológica, nos protegendo das intempéries da natureza e do clima hostil, hoje eles andam mais sem função do que apêndice.

Alto lá! Sem função coisa nenhuma. Há quem defenda o estilo urso. O principal argumento (dizem) é a virilidade a flor da pele, a masculinidade em estado bruto do homem HOMEM, como diz a propaganda do Old Spice. Outras vão além e falam da função ergonômica dos pelos, diminuindo o atrito “corrosivo” da pele com pele na hora do sexo. Os pelos seriam então uma espécie de acolchoamento natural do macho.

Do outro lado temos o padrão Men’s Health (tenha um tanquinho sarado como o do modelo da foto em apenas 7 dias!!). Muito defendido pelos nadadores de plantão, a moda do corpo raspado (ou depilado) parece ter pegado geral e emplaca uma multidão de fãs que veem na higiene o principal argumento.

hm

Eu, como homem e hetero, confesso ter pouco conhecimento de causa para atestar sobre esse ou aquele que é mais bonito ou atraente. Os homens e mulheres que quiserem, por favor, fiquem a vontade para nos contar sua opinião nos comentários abaixo. Em todo o caso, a discussão aqui é outra. Não se trata de raspar ou não os pelos do corpo, mas sim de falar que você, nobre amigo, que quiser raspar, PODE sim fazer isso. Juro. Sem problemas. Sem stress. Sem “virar gay”. Isso, ao contrário do que seus amigos podem dizer, não “é coisa de homossexual”. (Na verdade acho que é justamente o oposto).

Dar uma aparada nos pelos do peito, axila ou do púbis é algo absolutamente normal. Se sua parceira prefere assim, melhor ainda. Que tal fazer uma surpresa pra ela? Ao contrário do instinto primitivo que fala dessa tal masculinidade do homem peludo, não acredito que virilidade seja decidida pelo aspecto do corpo, mas sim pelo seu comportamento. Então, sem neura.

Figura15

Hoje o mercado oferece inúmeras maquininhas portáteis e sem fio que você pode comprar e usar tranquilamente, quase como um barbeador. Não machucam e resolvem o problema de modo prático. É a opção que prefiro. Mas se quiser tem também a depilação (que confesso não ter experimentado, prefiro a opção indolor) que dura mais tempo e retira o pelo completamente (a máquina da uma aparada quase zero, mas ainda é possível perceber alguns pelinhos).

Inevitavelmente mais higiênico, já que reduz os pelos que podem reter suor ou sujeira e ficam, na maioria das vezes, abafados pelo calor da roupa, dar aquela aparada pode ser uma ótima opção para surpreender a gata. Aos old school, não estou aqui fazendo apologia aos sem pelos. Se você é peludo e curte assim, ótimo! Mantenha e seja feliz. Mas se você quer passar a máquina e ficar igual bumbum de neném, não se reprima! O corpo é seu e você tem todo direito de deixá-lo da forma que lhe faz feliz.

 

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.

Jurassic World | A espera valeu a pena

JW

Aviso: não contém spoilers, mas se você espera uma análise crítica e cerebral sobre o novo sucesso hollywoodiano Jurassic World, por favor, interrompa a leitura e acesse um site cinéfilo-cult qualquer.

Desde que assumiram a gravação do novo parque dos dinossauros, 22 anos depois do último grande filme do gênero (já que O Mundo Perdido – Jurassic Park (1997) e Jurassic Park 3 (2001) não foram realmente aquela Brastemp), estava contando as horas para correr logo para bilheteria e comprar o meu ingresso. Demorou, mas depois de ler um milhão de matérias sobres os bastidores e até baixar o jogo promocional do filme, eis que no último dia 11, finalmente, a película iniciou nos cinemas do planeta. Não pude ir na estreia da quinta, mas no sábado eu e Lulu estávamos lá, firmes e fortes, mendigando por poltronas numa sala absolutamente abarrotada para conferir de pertinho o novo filme da série.

jurassic-world-poster-600x369

Com mais de duas décadas depois do icônico Jurassic Park a tecnologia roubou a cena e se apresentou ao longo de todos os 125 minutos do filme, seja na estrutura invejável do parque (que já está em pleno funcionamento e possui atrações de todos os tipos), com hologramas, veículos bolhas e salas de controle ou na computação gráfica que eleva o realismo das criaturas a outro patamar. Ta certo que até os dinos do Jurassic de 93 já eram fantásticos, mas o nível de detalhamento de Jurassic World é impressionante. Aliás, a continuação (que não é tãaao continuação assim) traz referências ao primeiro filme da franquia o tempo todo, desde a trilha sonora espetacular, até a camisa do funcionário apaixonado Lowery ou dos jeeps marcantes encontrados pelo caminho. Os próprios personagens lembram a construção do primogênito da série, com a dupla de irmãos perdidos, o bilionário excêntrico querendo brincar de Deus, o protagonista rústico que leva jeito com os animais. Tudo lembra o clássico, até a cena final que tira do ostracismo o velho dono do pedaço de 93, mostrando que quem é rei nunca perde a majestade.

jurassic-world-super-bowl-trailer-1

Com ação sem rodeios do início ao fim, Jurassic Word não comete o erro clássico de filmes que prometem muito, mas acabam por esconder o jogo. Nele, há overdose de dinossauros e a protagonista Indominus Rex (um híbrido/inteligente/máquina de matar/lindo de se ver) aparece de corpo inteiro em centenas de cenas. Bom para os fãs que recebem aquilo que foram buscar. Detalhe também para os protagonistas humanos da história, Chris Pratt, do mega elogiado Guardiões da Galáxia e vive Owen, um instrutor que faz um ótimo trabalho treinando os Velociraptors (novamente vedetes do filme) e a boneca Bryce Dallas Howard que vive a Claire e parece propositalmente artificial, como mais uma criação perfeita da fábrica de sonhos da genética. Vicent D’Onofrio (o Wilson Fisk do Demolidor que está tão diferente de cabelo e barba que se a Lu não fala eu nem perceberia) é o vilão da parada.

Não vou resumir a história para não atrapalhar a experiência de quem ainda não viu o filme, mas posso falar que Jurassic World não frustrou em nada esse velho fã aqui. Aliás, pelo contrário. Como diz em Hogwarts, a película “excede expectativas” e contrariando algumas críticas a verdade é que eu e a Lu adoramos. Só espero que os recordes quebrados com a bilheteria monstra desse primeiro fim de semana de exposição garanta uma continuação do mesmo nível para a franquia. E que não tenhamos que esperar mais 20 anos por isso.

Feliz dia do eu amo você

namorados

Feliz dia daquele momento perfeito.

Do me conta como foi o seu dia.

Do me espera pra ir à academia.

Do você linda de qualquer jeito!

 

Feliz dia do bar melhor que a boate.

Do coloca um filme pra gente.

Do me espera pra escovar o dente.

Do quem é aquela biscate?

 

Feliz dia do traz a toalha, por favor.

Da noite dormida em conchinha.

Das meias que pensei serem minhas.

Dos abraços cheios de amor.

 

Feliz dia do hoje eu vou cuidar de você.

Do estou com tanta saudade.

Do você não sabe a vontade.

E de tudo que eu quero fazer.

 

Feliz dia do brigadeiro com cobertor.

Da noite com vinho e fondue.

Das receitas sem queijo Brie.

Da companhia que vale mais que o sabor.

 

Feliz dia do amor fruto do improviso.

Do café servido na cama.

Do acordar todo cheio de manha.

Que me envolve com um largo sorriso.

 

Feliz dia do te pego pra ir ao cinema.

Do hoje você quem dirige.

Da espera dominical que aflige.

Da música que virou nosso tema.

 

Feliz dia do eu te amo demais.

Do meu anjo, meu dengo, minha lua.

Do meu beijo na esquina ou na rua.

Do namoro que não acaba jamais.

 

Feliz dia da soma de todo clichê.

Do presente sem hora marcada.

Do encontro de almas seladas.

Por mais um eu amo você!

RELACIONAMENTO | Dicas para comemorar o Dia dos Namorados

brigadeira4

Uma coisa é verdade: das incontáveis delícias dos dias dos namorados, as melhores delas não podem ser compradas em shoppings como a publicidade insiste em nos mostrar durante esse período do ano. Se o que vale no aguardado 12 de junho é a presença do (a) amado (a), então existem várias outras formas de aproveitar bem o momento, curtindo o clima de romance e sem precisar gastar horrores. Aliás, nós mesmos somos adeptos dessa prática. Na maioria das vezes optamos por um programa (passeio ou viagem) a dois, no lugar de um presente caro. Coisas simples, mas que no final terá muito mais valor. Olha só.

 

PIQUENIQUE NO PARQUE

13_n

Já fizemos várias vezes e adoramos! Esse final de semana, por exemplo, descobrimos um ótimo lugar em BH, super arborizado e com a grama fofinha e aparada para um belo piquenique, o Parque Ecológico da Pampulha! Fomos para passear, mas da próxima vez que voltarmos será com nossa cestinha de quitutes! O melhor é que não precisa de muita coisa, basta uma toalha ou lençol grande para forrar, algumas guloseimas favoritas e não se esqueça de guardanapos, talheres (pode ser de plástico) e copos. Geralmente esses parques ficam cheios de famílias e casais, o que deixa o clima ainda mais gostoso. É ou não é uma ótima forma de celebrar o amor?

 

JANTAR ROMÂNTICO EM CASA

diadosnamorados
Se os dois gostam de cozinhar, acredito que a melhor maneira de preparar um jantar especial seja os dois preparando juntos o cardápio escolhido. Mas se ele ou ela não é muito de cozinhar, coloque as mãos na massa você mesmo e prepare um delicioso jantar com entradinhas, prato principal e uma sobremesa. Acrescente velas, guardanapos de pano, taças e uma boa música que o romance já estará no ar! No nosso caso dividimos quase sempre entre eu cozinhando e o Patrick cuidando da louça. Funciona e nossas noite japas são sempre um grande sucesso.

 

CINEMINHA À DOIS

diadosnamorados4
Outra alternativa mega viável e democrática, o cinema quase sempre agrada a todos. No nosso caso, uma noite feliz é uma noite com os olhos grudados na telona, um balde de pipoca de um lado e o milk shake do outro. E em casa, vale? Mas é claro, na intimidade do seu cafofo é ainda mais gostoso! Vai me dizer que não é um programa agradável para fazer a dois?!

 

UMA MINI-VIAGEM

10984675_781844171865529_436202872_n

Esse dia dos namorados cairá numa sexta feira. Tem dia melhor pra pegar a estrada rumo a uma cidadezinha gostosa com seu Love? Se você pode pagar uma diária em uma pousadinha aconchegante perto de onde você mora, ótimo! Mas se não, não precisa deixar de fazer essa aventura. Vá cedinho no sábado com seu amor e volte ao final do dia. Próximo a BH existem várias cidades lindas e históricas como Ouro Preto, Tiradentes, Lavras, Macacos… Roteiro é o que não falta.

WISHLIST | Dica de presentes para o Dia dos Namorados

brigadeira4

Quem aí já comprou o presente de dia dos namorados levanta a mão! Nós não, sic. E para outros que também não decidiram o que comprar elaboramos um post com algumas sugestões para você presentear o love. Têm artigos de todos os tipos e preços, com alguns produtos da moda, como a tal da bota over the knee que a mulherada está surtando atrás de uma, até coisas mais atemporais e que todo homem gosta de ganhar, como a camisa do time de coração. Dê uma olhada. Com certeza poderá servir de inspiração para você variar um pouco da saia estampada, da bermuda jeans ou do pacote de cuecas (que é ótimo, mas não precisa ser sempre, né?!).

P.S.: Amor, não é porque as camisas do Galo são sempre listradas em preto e branco que são todas iguais. Cada uma é diferente da outra. E não, não é um presente repetitivo e sim, precisamos ter mais de uma, de preferência os uniformes 1, 2 e 3 da temporada, mais as camisas de goleiro e da comissão técnica. Obrigado. De nada.

 

post namorados1

 

1 – Almofada massageadora para os pés | 2 – Bota Over the knee  | 3 – Miracurl  | 4 – Perfume 212 VIP | 5 – Paleta Vilãs

 

post namorados2

 

1 – Caneca Mixer | 2 – Torre de Chopp | 3 – Camisa do Atlético | 4 – Tênis New Balance | 5 – Caixa amplificadora de som

 

Tem alguma coisa que você quer ganhar e que ficou de fora? Conta pra gente! Quem sabe entra na próxima wishlist do blog?!