Um breve 2015 e um leve 2016

Industries-in-2015-landing-page-image

Caros leitores,

2015 foi um ano duro. Sim, duro. Onde duro não quer dizer bom ou ruim, apenas duro. Não conheço uma definição melhor. Difícil talvez seja um sinônimo suficientemente bom, mas não quero soar negativista. Mesmo porque não foi um ano negativo. Tivemos vários momentos positivos e são justamente esses motivos que nos fazem escrever a vocês no último post do ano.

Primeiro, devemos desculpas. Saímos do ar (não literalmente) sem explicações. E isso não foi certo. Mas nos acumulamos em várias funções e obrigações de modo que estava praticamente impossível escrever, além de dificuldades externas. Por mais que pareça simples, ter um blog não é fácil. Sobretudo se você quiser fazer bem feito, engajado e com conteúdo interessante, como sempre tentamos, conseguindo ou não. Em todo o caso, pedimos desculpas pelo “sumiço”.

2015 talvez tenha sido o ano de mais mudanças bruscas em nossas vidas, tanto no que tange à nossa vida de casal quanto nos laços envoltos de nossas famílias. Do profissional, pessoal, emocional, familiar, todos os campos tiveram seus dias de vitórias maravilhosas e de derrotas incalculáveis, como em nenhum outro ano, acredito. Tantas novidades que até um sobrinho ganhamos, acreditam?! Filho de um nosso casal leitor/irmão/amigo/beijo pra eles.

Nesse meio tempo que passou, algumas coisas que merecem destaque aconteceram. Uma das mais legais delas é que finalmente, depois de longos 11 anos da Lu me enrolando (não fique brava, amor), ficamos noivos. Os amigos próximos já sabem. Foi no dia 17 de Outubro, um fim de semana emocionante e cheio de surpresas (depois se a Lu quiser contar sua versão de como foi, faremos um post a respeito), que marcou um novo ponto em nossa história. Confesso que ainda estamos nos acostumando. Ainda é comum frases como “Gostaria de uma reserva para mim e minha namorad… noiva”. Ou “Levarei meu namorad… noivo”. Ainda chegaremos lá. Embora é provável que quando nos lembrarmos dos noivos, já esteja na hora de trocarmos por marido e esposa. Essa é outra novidade. A data está marcada e estamos a todo o vapor com o planejamento do casório (não estamos grávidos! rs). O filósofo que cunhou o ditado “É só marcar que chega” estava mais do que certo e Setembro de 2016 já está quase aí para nos provar. São milhões de coisas para orçar, analisar, visitar, experimentar, orçar de novo e fechar, mas é uma etapa muuuito legal.

912696_913909011992377_1358068630_n

No mais é só isso tudo mesmo. Não poderíamos deixar virar o ano sem agradecer por todas as mensagens maravilhosas que recebemos de leitores tão queridos e que ainda visitam o blog mesmo há meses sem conteúdo. Ter qualidade à quantidade é uma regra absoluta nos meios de social media e o engajamento de vocês só contribui com a verdade disso. Desejamos a cada um de vocês um Natal maravilhoso, no qual os verdadeiros sentimentos de alegria, renovação e amor sejam cultivados entre vocês e suas famílias. E que o 2016 marque um ano de felicidade e realizações para todos nós. Agora é festa! Divirtam-se.

Um beijo.

Patrick e Lu