O primeiro móvel a gente nunca esquece

Dizem que o prazer sentido após uma compra é explicado pela liberação automática de doses de endorfina, um neuro-hormônio conhecido por despertar sensações de alegria e bem-estar em nosso corpo. Se há de fato uma explicação médica para o fenômeno da compra, pouco importa, o que vale é que todo mundo sai mais feliz carregando uma sacolinha cheia de um bem recém-comprado.

Mas na última semana, ao sair do shopping, descobrimos uma nova forma de sentir sensações já tão comuns. Um misto de cumplicidade e união, mas muito mais palpável, quase físico, de que tudo aquilo planejado e tão presente em ideia está, finalmente, se materializando. Foi quando compramos nosso primeiro móvel. Nossa cama de casal.

Seria mais uma compra. Um produto comum pra muita gente. Mas pra nós foi o primeiro de muitos primeiros que estão por vir. O primeiro móvel, o primeiro apê, nossa primeira concepção de casal enquanto família, e tudo isso construído em dupla, com duas cabeças, mas um só coração e a alegria de saber que não estamos fazendo isso para ele ou para ela, mas para nós, definitivamente, e isso muda tudo. De repente não me vejo mais querendo comprar o meu frequencímetro ou a minha bicicleta, mas sim o nosso sofá ou a nossa TV.

É engraçado. Apenas a mudança de perspectiva faz com que as mesmas coisas sejam vistas de forma diferente. Por mais que o casório seja uma realidade, com planejamento de cerimônia etc, depois que deitamos umas 7 vezes sobre o colchão, afofamos os travesseiros, escolhemos a cor do baú e fechamos a compra, o contexto do evento ganhou novos contornos. E o casamento deixa de ser a festa, a missa, a bênção, pra ser uma escolha, uma construção, de tijolinho sobre tijolinho, e uma cama deixa de ser uma cama qualquer, mas sim a nossa cama, o nosso sofá, o nosso quarto, a nossa casa, e por mais simples que seja, a nossa vida.

Nossa casinha ainda não tem nada, na verdade ela nem sequer existe, mas a partir de agora ela já tem um ponto inicial, uma cama, dois travesseiros, um edredom e um par de noivos empolgados, doidos pra continuarem escrevendo juntos o início dessa vida a dois.

Um breve 2015 e um leve 2016

Industries-in-2015-landing-page-image

Caros leitores,

2015 foi um ano duro. Sim, duro. Onde duro não quer dizer bom ou ruim, apenas duro. Não conheço uma definição melhor. Difícil talvez seja um sinônimo suficientemente bom, mas não quero soar negativista. Mesmo porque não foi um ano negativo. Tivemos vários momentos positivos e são justamente esses motivos que nos fazem escrever a vocês no último post do ano.

Primeiro, devemos desculpas. Saímos do ar (não literalmente) sem explicações. E isso não foi certo. Mas nos acumulamos em várias funções e obrigações de modo que estava praticamente impossível escrever, além de dificuldades externas. Por mais que pareça simples, ter um blog não é fácil. Sobretudo se você quiser fazer bem feito, engajado e com conteúdo interessante, como sempre tentamos, conseguindo ou não. Em todo o caso, pedimos desculpas pelo “sumiço”.

2015 talvez tenha sido o ano de mais mudanças bruscas em nossas vidas, tanto no que tange à nossa vida de casal quanto nos laços envoltos de nossas famílias. Do profissional, pessoal, emocional, familiar, todos os campos tiveram seus dias de vitórias maravilhosas e de derrotas incalculáveis, como em nenhum outro ano, acredito. Tantas novidades que até um sobrinho ganhamos, acreditam?! Filho de um nosso casal leitor/irmão/amigo/beijo pra eles.

Nesse meio tempo que passou, algumas coisas que merecem destaque aconteceram. Uma das mais legais delas é que finalmente, depois de longos 11 anos da Lu me enrolando (não fique brava, amor), ficamos noivos. Os amigos próximos já sabem. Foi no dia 17 de Outubro, um fim de semana emocionante e cheio de surpresas (depois se a Lu quiser contar sua versão de como foi, faremos um post a respeito), que marcou um novo ponto em nossa história. Confesso que ainda estamos nos acostumando. Ainda é comum frases como “Gostaria de uma reserva para mim e minha namorad… noiva”. Ou “Levarei meu namorad… noivo”. Ainda chegaremos lá. Embora é provável que quando nos lembrarmos dos noivos, já esteja na hora de trocarmos por marido e esposa. Essa é outra novidade. A data está marcada e estamos a todo o vapor com o planejamento do casório (não estamos grávidos! rs). O filósofo que cunhou o ditado “É só marcar que chega” estava mais do que certo e Setembro de 2016 já está quase aí para nos provar. São milhões de coisas para orçar, analisar, visitar, experimentar, orçar de novo e fechar, mas é uma etapa muuuito legal.

912696_913909011992377_1358068630_n

No mais é só isso tudo mesmo. Não poderíamos deixar virar o ano sem agradecer por todas as mensagens maravilhosas que recebemos de leitores tão queridos e que ainda visitam o blog mesmo há meses sem conteúdo. Ter qualidade à quantidade é uma regra absoluta nos meios de social media e o engajamento de vocês só contribui com a verdade disso. Desejamos a cada um de vocês um Natal maravilhoso, no qual os verdadeiros sentimentos de alegria, renovação e amor sejam cultivados entre vocês e suas famílias. E que o 2016 marque um ano de felicidade e realizações para todos nós. Agora é festa! Divirtam-se.

Um beijo.

Patrick e Lu

O que eu aprendi aos 27 anos

Domingo passado, dia 09, foi o meu aniversário \o/ (e também o dia dos pais, então vocês podem imaginar como é ótimo para uma leonina dividir seu aniversário que acontece uma vezinha só por ano com todos os pais do universo). Apesar da concorrência – desleal, diga-se de passagem, foi um dia muito feliz. Não que eu seja apaixonada pela data em si (quem me conhece sabe que não é bem assim), porém é sempre um momento de reflexão pra mim, onde dou uma paradinha pra repensar o que eu fiz até agora na minha vida e aonde ainda quero chegar.

Pensando nisso resolvi compartilhar uma listinha que fiz refletindo sobre o que hoje tenho como verdade e como fui mudando de opinião ao longo dos anos, amadurecendo e buscando outras coisas na vida. Talvez algumas delas tenham a ver com você também. Olha só.

Figura7

Créditos das fotos: Bruno Silva Fotografia

RELACIONAMENTO | Birthday Boy!

post niver pk

INTERROMPEMOS A PROGRAMAÇÃO NORMAL POR MOTIVOS DE: Homenagem a uma pessoa muito especial.

Queridos leitores, hoje é aniversário do autor de textos belíssimos, ideias geniais, comprometimento único, dedicação total e carinho indescritível pelo blog. Acho mais que merecido que uma pessoa assim receba uma singela homenagem por tudo que representa para mim e para o Estilo a dois. Sem ele nada disso seria possível…

 

post niver pk2

 

Amor, 

Que você seja sempre muito feliz e que possamos comemorar mais tantos outros aniversários assim, compartilhando momentos, sonhos e construindo juntos uma vida de muito amor e felicidade. Espero que seus sonhos se tornem realidade e que eu esteja sempre lá para aplaudí-lo de pé. Sou sua fã nº1 e admiro muito o homem que você se tornou. Obrigada por fazer parte da minha vida e trazer muito mais cor a ela.
Te amo do fundo do meu coração.

post niver pk3

O nosso estilo de cada dia

O que dois publicitários mais gostam de fazer? Bom, quanto aos outros não temos certeza, mas nós gostamos muito de conversar, interagir, compartilhar. Afinal, é falando que se entende, que se aproxima, que se conhece. E quando viu, já foi. O que era um, virou dois.

5

Por isso criamos o Estilo a dois. Um blog pra falar de tudo que gostamos de curtir juntos e que pode ser interessante a outros casais que, assim como nós, não nasceram virados pra lua e precisam de criatividade para não deixar o namoro cair naquela de amizade colorida. Mesmo porque, pra quem pode passar cada final de semana em uma ilha diferente da Grécia não é preciso muita criatividade, né?!

1

Porém, nem por isso o blog será destinado exclusivamente a casais. E aí talvez resida nossa maior motivação com o blog. Diferentemente de outros onde apenas as mocinhas têm vez, o Estilo a dois será um espaço democrático, onde os homens terão sua bandeira levantada e não precisarão ter vergonha ao acessar.

t1

Com temas pertinentes ao universo feminino e masculino e que trata o estilo de vida em todas as suas possibilidades, trocaremos dicas, ideias ou informações sobre lugares (muito da nossa BH), viagens, moda (unissex, please!), TV, cultura, tecnologia, decoração e todo um mix de atrativos que fazer sozinho é legal, mas a dois é muito mais gostoso. Tá, se você por enquanto é apenas um, não se preocupe, dá pra se divertir baldes assim e você também é muito bem-vindo.

b3

Então é isso. Com total falta de experiência, mas com muita boa vontade esperamos que possamos compartilhar conteúdos que sejam interessantes e possam contribuir de alguma forma com a melhoria de nossas relações no dia a dia.

P.S. Não poderíamos terminar esse post de apresentação sem agradecer publicamente a ajuda sincera da amiga Dani Cruz, do inspirador Days of Dani. Sem ela todo esse processo teria sido bem mais complicado. Dani, muito obrigado por tudo.

Em breve, novos posts.

576032_474296855913974_2041033972_n