Dica literária | As mentiras que os homens contam

8 Flares Twitter 0 Facebook 8 Pin It Share 0 Google+ 0 8 Flares ×

asmentiras1

Se tem um estilo literário que não sai de jeito nenhum da minha estante de livros é a crônica. É com certeza o estilo que mais me influencia, porque nada é mais inspirador do que as banalidades do dia a dia que geram um vasto repertório de casos e causos prontos para serem degustados. E entre os grandes cronistas que admiro como Rubem Braga, Drummond, Machado e Fernando Sabino, ninguém é de leitura tão agradável quanto Luis Fernando Veríssimo (embora Sabino dê uma competição acirrada).

Por isso, já estava passando da hora de uma dica literária no blog desse autor que tanto admiro. Para começar, o divertidíssimo As Mentiras Que os Homens Contam, um livro de leitura tão rápida que da raiva. 166 páginas divididas em crônicas rasteiras e deliciosas sobre as pequenas mentiras que percorrem o dia a dia, sutilmente, sem causar grandes estragos. Aliás, evitando grandes e irreversíveis estragos.

Irresistivelmente bem humorado, irônico, sarcástico e por vezes até ingênuo, esse livrinho reúne alguns dos contos mais hilários que já li, como Grande Edgar, Aliança e O Dia da Amante. Tudo com a leveza e a inteligência de um autor que conseguiu capitar através do talento da observação as nuances que percorrem nosso cotidiano e que vai te fazer sorrir por reconhecer no livro coisas que você também já se pegou fazendo. E antes que as feministas mais exaltadas se rebelem, o livro não tem nada de machista. São crônicas fictícias e divertidas, feita para entreter, não para criticar.

asmentiras2

Para atiçar ainda mais a curiosidade, segue abaixo um trechinho do prefácio de As Mentiras que os Homens Contam, livrinho que sai ano, entra ano e está sempre presente na minha cabeceira.

“Não é bem assim. Os homens não mentem. No máximo, inventam histórias para proteger as mulheres. Sério. Começa com a mãe, é científico. Sabe aquele dia em que você acorda sentindo uma coisa estranha no peito e não pode ir à escola? Você não vai dizer para sua mãe que não fez o dever, mas sim que está muito doente, com um mal-estar terrível. Vai deixá-la feliz, cuidando de você. Afinal, alegria de mãe é se preocupar com o filho.”

8 Flares Twitter 0 Facebook 8 Pin It Share 0 Google+ 0 8 Flares ×

Estilo a dois

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *