Mulher não gosta de homem sensível?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 Google+ 0 0 Flares ×

homem2

Zapeando pela internet dia desses, eis que leio a manchete: “MULHER NÃO GOSTA DE HOMEM SENSÍVEL, DIZ ESTUDO.” Óbvio que continuei a ler. A matéria – em tom meio sensacionalista – falava da pesquisa realizada pelo Centro Interdisciplinar Herzliya, de Israel, e das Universidades de Rochester e de Illinois em Urbana-Champaign, nos EUA, que aponta, entre outras coisas, que os caras mais sensíveis “foram percebidos como manipuladores (por exemplo, sendo legais para obter sexo) ou desesperados para agradar a parceira e, por isso, menos atraentes. Em alguns casos, a mulher enxerga este tipo de homem até mesmo como vulnerável e menos dominante.”

Curioso. Tirando a grande possibilidade da revista ter traduzido o sentido do estudo errado e desconsiderando a macrogeneralização da manchete (caso queira ler a matéria na íntegra clique aqui), acho a discussão um bom debate. Porém, que me levou a muito mais dúvidas do que respostas. Primeiro: o que é ser um homem sensível? Chorar após os filmes? Ajudar a mãe com as obrigações domésticas? Comprar chocolate pra parceira durante a TPM? Outra coisa. Ser romântico é ser sensível? Dar flores e abrir a porta do carro denota um coração privilegiado pela doçura da sensibilidade ou é um ato de romantismo? Ou ambos? Ou nenhum, apenas uma manobra de persuasão na busca diária pelo objetivo único e final da vida de qualquer homem no estereótipo feminino, levar aquela mina pra cama?

E o que as mulheres esperam afinal de nós, pobres marcianos à procura de um manual prático da vida em Vênus? Todo dia a internet bomba de notícias falando da “nova (?) mulher”, aquela que acorda cedo, malha, vai para o escritório com um salto 15 e um smartphone na bolsa, almoça com as amigas, têm duas reuniões à tarde, dirige e depois de um dia agitado vai ao boteco tomar um chopinho pra relaxar. O que essa mulher autoproclamada prática e independente busca em um homem? Sensibilidade para entender os problemas da conturbada vida social barra profissional barra pessoal no século XXI? Força e determinação em um homem altivo e confiante a quem ela seguiria até o fim dos tempos? Pausa. Um cara “sensível” por definição não pode também ser “forte”, assim como vulnerável / confiante e por aí vai?

homem1

Preocupado com esse mar de dúvidas surgidas na cabeça masculina (que acreditem, vai além do diagrama futebol – mulher – cerveja), mandei um Whatsapp rápido pra Lu perguntando se ela me achava sensível. Assim, na lata. A resposta veio com aquela desconfiança que circula uma pergunta inesperada. “Pra algumas coisas. Artisticamente sim. Na vida vc eh mais prático q sensível.” Não satisfeito com a resposta, insisti. E vc gosta de homem sensível? “Sim. Mas aquele q sabe perceber as coisas além do dito… Propor coisas q não se espera..” Ou seja, o Professor Xavier. Desencanei. Somarei esse a outros dilemas insolúveis da vida cotidiana como onde estamos e pra onde vamos.

Mas se você, homem ou mulher, tiver uma opinião que ajude a botar um pouco de ordem nessa confusão mental acima, por favor, fique à vontade.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 Google+ 0 0 Flares ×

Estilo a dois

13 Comments

  1. Amigo! Relaxa! Acho que isso tem muito a ver com o que foi discutido em outro post. Tudo isso não passa de uma tentativa de explicar aquilo que não pode ser padronizado: as relações humanas. Cada um é de um jeito, e sente uma coisa diferente em determinada situação. Achei a matéria totalmente vaga e sem noção ao dizer expressões como ” ‘mulher prefere homem canalha’ e ‘homem gosta mesmo é de mulher submissa’ “. Parece uma desculpa para os homens continuarem sendo canalhas e dando o direito a eles de serem grossos e até mesmo violentos. Eu acho que tudo se baseia nas expectativas. Se queremos conquistar vamos nos interessar por pessoas mais “difíceis” que não dão tanta abertura (o que algumas mulheres chamam nos homens de canalhice). E se estamos apaixonados queremos alguém que seja carinhoso também. Bom, é a minha opinião! Beijo!!!

    • Concordo, Carol. É a questão do rótulo. Acho que todo mundo quer uma pessoa sensível do lado em determinado momento da vida, assim como pode querer uma pessoa mais prática e racional em outro. A inconstância faz parte. E além disso, não será apenas uma ou outra característica responsável por fazer vc se interessar por uma pessoa. Mas um compêndio delas. Obrigado pelo comentário, querida. Grande beijo.

  2. Sensivel eh um termo/conceito aplicável a diversas coisas e ocasiões, por isso, para expressar uma opinião a respeito, creio ser necessario criar uma comissão de mulheres autoproclamadas praticas e independentes e, depois da deliberação delas, tentar um posicionamento com muita habilidade e sensibilidade para nao soar como machista (outro termo que precisa de revisões permanentes). Entendo que nao se deve confundir sensível com meloso, pois, como todos sabem, açúcar engorda. Desconfio que há mulheres que nao gostam de homens sensíveis por lhes parecer um retrocesso, afinal elas levaram tantos anos para ficarem parecidas com os homens que acabaram anexando ao seu repertório comportamental uma certa rigidez que sensibilidade ficou no armário das “fraquezas”. Eu, particularmente, nao abro mão de ser sensível nas ocasiões pertinentes, pois somos demasiadamente complexos para que caibamos num único rotulo. Somos (homens ou mulheres), centenas de coisas e se assim nao fosse seria um tédio, pois a vida se tornaria uma loja de departamentos. Prefiro, antes de ser isto ou aquilo, ser autentico. Como um bom democrata e liberal praticante, aceito opiniões e posturas divergentes. Um beijo, suave ou selvagem fica ao gosto de quem o queira.

    • Como sempre, um filósofo da vida moderna, Geraldo. Essa dualidade citada realmente levanta dúvidas. Num mundo de aparente independência social, onde cada um se propaga como autossuficiente para ser feliz, a sensibilidade é vista como importante para adoçar as relações pessoais ou pieguice ultrapassada? Em todo o caso, fica sempre a necessidade de não rotular ninguém por isso, mesmo porque, inconstantes como somos, a mesma pessoa necessitará de sinônimos e antônimos da palavra durante a vida. Um grande abraço e volte sempre.

  3. O segredo é o equilíbrio, sempre…e por favor, não confundir educação e sensibilidade com manipulação, pois pode ser que o cara realmente seja assim, oras..pq não?! A matéria fala principalmente sobre o primeiro encontro, que vamos combinar…quase ninguém age muito naturalmente kkk então, as pessoas deveriam se dar uma segunda chance, se conhecer melhor, e duvido que essa sensibilidade continue a ser um problema 😉
    Bjoss

    • Verdade, Fê. O que acho que confunda é o sentido que estão dando ao termo “sensibilidade”. Se confundirmos com carente, piegas, meloso, temperamental, acaba distorcendo um pouco a ideia do “homem sensível”. E aí realmente poderá ser um problema pra parceira. Um beijo.

  4. Para mim, um homem sensível é o mais distante do bruto. Não estou dizendo q esse eh o certo ou que todo mundo deveria ser assim, mas o meu gosto e o que eu procuro. Um homem sensível dificilmente será o forte, na minha opinião, talvez pouco confiante, inseguro… Mas ele deixa isso transparecer à parceira, não faz “jogos de força”, não quer provar ser um cubo de gelo. Quando ama, se expressa, no rosto mesmo, nos sentidos. Mesmo que seja tímido e que não tenha a tão superestimada “iniciativa”… Ele sente. Ele também é doce, carinhoso… Não acha que mulher deve sofrer, não odeia mulher… Enfim, eu já conheci poucos homens assim… (Nenhum me quis, haha) mas eu admiro e respeito. 😀

    • Que doce, Mayara. Muito do que disse são coisas que também concordo. Num mundo de relações tão superficiais, alguém que de fato mostre o que pense, verdadeiramente, sem se preocupar com os esterótipos do “grupo dos machões” já é muito legal, e talvez isso já o diferencie como uma pessoa sensível. E nesse sentido, para mim, já basta. 🙂
      E não se preocupe, a pessoa certa aparecerá no momento que tiver que aparecer. Sem pressa. Por mais clichê que seja, é o que eu acredito: o que tiver que ser, será.
      Beijos flor e volte sempre.

  5. Olá amigos ,os estudos comprovam o que já se sabia há muito tempo ; Homem pra se dar bem com as mulheres tem que ser durão . Vejam bem não se deve confundir ser durão com ser machista ,o homem deve sim respeitar a independência e o espaço de toda a mulher mas sempre sendo durão :
    O grande problema deste homem sensível é que ele ficou parecido demais com as mulheres e perdeu aquela agressividade tipica de um macho ,tenho amigos e colegas dos dois tipos e pude comparar bem ; O Homem sensível tem suas qualidades isso se deve reconhecer ,mas ele é muito parecido com as mulheres ,pois elas falam e ele entende ,mas para casar é outra história e aí elas sempre irão optar pelo tipo durão :
    Ao contrário de um sensível que é bipolar (feminino e masculino) um durão é unipolar (apenas masculino) sempre exala e cheira testosterona :atraí mais as mulheres :
    Ao contrário de um sensível um durão sempre se interessa por malhação e artes marciais ,sempre estando pronto para encarar qualquer parada e defender sua femea : atraí mais as mulheres :
    Para o sexo as mulheres querem um homem viril ,caliente e nesse ponto um sensível deixa a desejar por que é muito morno ,é aquela coisa um senível faz amor mas um durão faz apenas sexo :Na cama o homem deve ter pegada e brutalidade e isso atraí demais as mulheres .
    Homem sensível é gay ,homem que é homem tem que ser macho muita frescura e é isso que as mulheres querem e é isso que um durão entende muito bem .

    • Oi Leandro!
      Entendo sua opinião, que inclusive foi passada com muita clareza. Não posso dizer o que as mulheres gostam ou preferem, afinal, sendo homem você compreende que é muito difícil entendê-las. Mas em todo caso, acredito que como todo ser humano é diferente, sempre existirá aquela que concorda e discorda de você. O lance é conseguir encontrar a que concorda. 😉
      Volte sempre ao Estilo a dois.
      Um abraço.

  6. Assumo que em equivoquei em alguns pontos do meu texto ,embore eu ainda ache que algumas mulheres são mais machistas que um homem mas ,pesquisas e estudos mostram que muitas não são,hoje em dia as mulheres são cabeça de casal e chefe de família ,na minha loja minhas chefes são mulheres e elas não são machistas . Ou seja fui tolo ,machista e míope assumo o erro com humildade . Por isso as mulheres que leram meu texto peço desculpas .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *