MODA FEMININA | Dicas de looks em Gramado

looks gramado1

A viagem à Gramado foi um verdadeiro teste para um fazedora de malas como eu. Isso porque era um lugar que poderia esfriar bastante durante a noite, mas que não apresentava baixas temperaturas em nenhum Clima Tempo que procurei, o que me deixava sem saber o que esperar. Roupas para frio (normalmente grandes e pesadas)? Roupas confortáveis para longos passeios? Roupas leves? Botas, tênis ou salto? Enfim. Tudo isso com um grande limitador, sem despachar bagagem, portanto, tudo deveria ir em uma mala pequena, com nada de excessos. Passado o temor inicial, o resultado foi uma seleção extremamente versátil de combinações que me permitiam variar entre dois ou mais cenários, com peças-chaves, e que foram a chave (tsc) para o meu quebra-cabeças.

looks gramado2 Esse foi o look que escolhi para a viagem. Tinha de ser confortável por causa da correria de aeroporto e versátil, para permitir a possibilidade de trocar uma peça caso esfriasse/esquentasse. Por isso escolhi um look jeans, botinha baixa que usei muito durante a viagem e uma jaqueta caramelo de cor coringa que combinava com tudo.

looks gramado3Comprei esse vestido floral longo na Forever 21 e estava doida para inaugurar. Felizmente vi em um dos passeios a oportunidade perfeita. Coloquei com a jaqueta caramelo quando fazia um friozinho e um chapéu floppy que amo! A botinha (guerreira de sempre) confortável para aguentar um dia inteiro de andanças.

looks gramado4Olha elaaaaaaaa! A botinha de novo! Usei no dia em que fomos ao Snowland e em Canela, com calça jeans básica, uma blusa de manga princesa de cor neutra e um coletinho de pelos que amo muito – tem post no blog dando dicas de como usar, veja aqui.

looks gramado6Para um passeio ao Lago Negro no último dia e voltar para BH optei por uma calça bandage flare preta, que veste muito bem, a tal da botinha (juro que levei um tênis e outra bota que vocês verão daqui a pouco! Fui super econômica dessa vez!), um tricô branco que adoro, chapéu fedora e acessórios para compor o look.

looks gramado5Aqui são alguns looks que usei a noite. Levei um macaquinho de mangas compridas, usei com uma botinha de salto médio e o colete de pelos. Já o outro look usei um casaquinho 3/4 todo de paetê com a calça flare preta.

Como vocês viram o meu objetivo era otimizar as peças e usá-las o máximo possível em looks diferentes. Foi difícil deixar tanta coisa legal de fora, mas no final o resultado deu certo. E você, tem alguma dica secreta pra montar a mala perfeita? Conta aí!

MODA FEMININA | Como usar colete de pelos

colete de pelos1

Os coletes se tornaram item fashion no guarda-roupa feminino na década de 60. Mas de lá pra cá eles ficaram ora escondidos como coadjuvantes, ora bombando no corpo de mulheres poderosas e cheias de estilo. Mas como clássico é clássico (e vice-versa), novamente ele está aí, com força total e provando que todo mundo pode sim usá-lo.

Já falei aqui em outros posts da importância da terceira peça, que deixa o look muito mais interessante e fácil de ser pensado. O colete funciona bem para isso e é muito versátil, além de combinar bem com tudo – vestidos, jeans, alfaiataria, meia calça, couro, ele ajuda a transformar um visual simples em algo mais glamouroso.

O inverno chegou: Sua principal vantagem é que, além do estilo, ele ainda deixa você muito mais quentinha para a época mais fria do ano.

colete de pelos2

Se você está com dúvidas ou precisa de algumas inspirações de como usar, seguem algumas dicas e looks lindos e que dá vontade de sair correndo pra comprar um coletinho pra chamar de seu!

E não podemos esquecer do mais importante, pelos fake, por favor. De pelo de verdade já basta o do seu gato, vide post recente!

 

colete de pelos3

 

 

colete de pelos4

 

 

colete de pelos5

 

– Não quer arriscar? Calça skinny, uma botinha e camisa! Não tem erro!

– Quer ser mais inovadora? Jogue o colete por cima de uma jaqueta ou cardigã.

– Vale também usar um cinto para marcar a cintura, fica um charme!

– Para um visual mais rocker, use com com peças de roupa de cores mais escuras e se quiser mais romântico, tons claros são os mais indicados.

– Não tem como errar, o colete de pelos combina com saias, vestidos, calças, shorts…

 

colete de pelos6

Créditos: Bruno Silva Fotografia

 

E aí, já comprou o seu para esse inverno?

 

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.

MODA FEMININA | A tal da bota over the knee

bota over the knee1

O friozinho parece que chegou para ficar \0/! Esta é a época do ano que mais gosto. Além de ser ótima pra namorar, as produções ficam mais chiques e elegantes, podendo explorar todas aquelas combinações lindas que o clima tropical quase não permite. Esse período é também o ideal para colocar em prática um modelo de bota que estou namorando desde o ano passado: a bota over the knee (acima do joelho). Por isso, hoje vou dar dicas de como usar e onde comprar alguns modelos dessa lindeza.

Para quem tem dúvida, todo mundo pode usar, a questão é escolher um modelo que mais se adapte ao seu tipo de corpo e verificar na frente do espelho o restante da harmonia do look.

Essa bota é muito versátil. Você pode usá-la com shorts, saias, vestidos, leggings, calças jeans e isso é o mais democrático dela. Tem com salto, sem salto, várias cores e vários tipos de modelos.

bota over the knee3

 

bota over the knee4

 

bota over the knee6

 

bota over the knee9

Produzir.me | Luise Bosquê

Acho que depois desse post vai ser difícil resistir. Só preciso escolher o modelo!

Veja abaixo onde comprar e quanto custa em média:

bota over the knee

1 – Via Marte | 2 – Taquilla | 3 – Schutz | 4- FiveBlu | 5- Desmond | 6- Dakota | 7- Dakota | 8- Via Marte

 

E aí, o que achou? Você já tem a sua?

 

MODA FEMININA | Chapéus!

chapeus

Um dos acessórios mais desejados das últimas temporadas, o chapéu vem ganhando cada vez mais destaque e importância no armário das fashionistas. Por causa da sua versatilidade, ele pode ser usado em diversos tipos de produções – das mais simples às mais sofisticadas. Seja com calça, vestido, shorts ou saias, ele consegue transformar muito a produção de uma maneira simples e prática. Por isso, hoje vou mostrar um pouco como ele é usado e apresentar alguns modelinhos mais utilizados para nós meninas.

 

chapeus1

 

 

Como usar? É preciso segurar o look. Veja alguns exemplos para inspirar a produção!

 

chapeus2

 

chapeus3

 

chapeus4

 

chapeus5

Os modelos de chapéu são diversos e você pode optar por aquele que mais combina com você! Desta forma, você consegue aproveitar essa moda sem perder a sua personalidade!

Eu tenho do modelo panamá, uma boina e 2 floppys (preto e marrom) e amo todos!

chapeus6

 

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.

MODA FEMININA | Qual óculos de sol combina com meu formato de rosto?

oculos

Todo mundo sabe que, além de ajudar com os problemas de visão, os óculos são importantíssimos acessórios de moda e servem para compor praticamente todo o tipo de look. Mas é claro que existem detalhes que podem fazer toda a diferença no caimento perfeito do óculos, como o cabelo e o formato do rosto. Por isso, encontramos uma matéria muito legal no site amomuito.com que resolvemos compartilhar, dando algumas dicas de como harmonizar os vários modelos desse acessório com o desenho de seu rosto. Se liga!

 

oculos4

 

Lembre-se ainda: para os óculos de sol, dê preferência aos que cobrem a sobrancelha para o sol não bater por cima e na hora de sorrir, teste se o óculos não se levanta ao mexer a bochecha. O encaixe do nariz e o apoio das hastes na orelha devem ser confortáveis e não machucar.

 

 

Moda Feminina | Roupas para trabalhar no calor

gurias

 

Trabalhar nesse calor de rachar não é tarefa fácil. A maquiagem escorre, o cabelo sua e a sensação de estar melando é péssima. O pior é que ainda temos de compor um look que não seja o combo das férias de verão short + camiseta (a menos que você seja assistente de palco).

Pensando em ajudar aquelas que sofrem para encaixar o guarda-roupa à esse forno, montei algumas combinações que podem ser adaptadas à realidade do seu trabalho, mais formal, informal, escritório, empresa etc.

Como vocês sabem, eu sou publicitária e nesse caso é permitido me vestir de forma mais informal, como usar tênis e jeans, por exemplo. Por isso, é importante que você faça as devidas adaptações de acordo com as “regras” de sua profissão.

 

Calças

calça

As calças são as mais fáceis de combinar. Neste calor, o ideal é apostar em tecidos leves, algodão, linho, sarja… Vai depender da formalidade do seu emprego, pois muitos não permitem calça jeans, então deve se observar o ambiente de trabalho. Estão em alta calças estampadas também. Use-as com uma blusinha ou camisa mais neutra. Blusas de alcinhas são permitidas desde que você consiga usar com um sutiã que não apareça as alças, porque ficaria informal demais.

Saias

saia

Amo/sou saias! Tenho várias e adoro porque sai um pouco do tradicional blusa + calça do dia a dia. Ainda não tenho uma saia midi, mas elas são super indicadas e elegantes para o ambiente de trabalho. Saias lápis são sem erro, toda mulher deveria ter pelo menos uma no guarda-roupas. Deve ter cuidado com o comprimento das saias, o ideal é no máximo 4 dedinhos acima do joelho (segundo Glorinha Kalil expert).

Leia também: Moda Feminina | Biquínis para cada tipo físico

Vestidosvestido

Cola com a Fátima que você brilha! haha Brincadeiras a parte, a Fátima Bernardes dá um show de elegância nesse quesito. Seus vestidos são bonitos e não mostram demais, ideais para o escritório. Além de observar o comprimento, vestidos muito decotados obviamente não são indicados.

Tem outra dica de roupa importante para evitar o calor de matar que está fazendo? Conta aí.

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.

MODA FEMININA | Detetive de estilo

1

Mais um Detetive de Estilo aqui no blog! Dessa vez fui ao BH Shopping na primeira semana de Março e não achei muitas coisas boas, apesar de ver muitas remarcações. Vi muitas peças com defeito, furadas, soltando bordados, parece que é o que sobrou da liquidação de Janeiro mesmo. Não foi fácil peneirar, mas mostrarei aqui o que mais valeu a pena.

2

– Essa batinha branca parece cetim e tem as mangas tipo “sino”, por R$ 49,90. Os sapatos estavam super baratinhos, esse tênis com estampa de cobrinha por apenas R$ 29,90!!

 

3

– Achei estiloso esse sneaker, com tachas bonitas douradas na lateral. O material dele é um camurça e estava por R$ 89,90. O tênis modelo “keds” com estampa tropical por míseros R$ 15,90, a sandália de oncinha com um salto dourado, super bacana, por R$ 79,90 e essa outra sandália de festa, que era mais rosa (na foto está vermelho), com pedrarias pequenas de R$ 79,90.

 

4

– Não achei muita coisa na Renner e tinha poucos remarcados. Essa sainha tinha um tecido gostoso e era só R$ 39,90. A sandália de franjas estava por R$ 79,90 e a espadrille linda com solado de corda por R$ 69,90.

 

5

– Na C&A achei essa blusinha super fofa, com um decote nas costas (que não dava pra ver direito por ser preta), por apenas R$ 29,90. A calça é de um material bacana, tecido importado e estava por R$ 49,90.

 

6

– Por último, esse blazer lindo com estampa floral na promoção por R$ 89,90 e uma sainha estilo trompete de R$ 39,90.

 

Vocês acharam mais coisas legais esse mês nas queridas fast fashions?

Compartilha aí!

 

A triste história de uma menina da moda

tumblr_lyyv89w02j1qh5dpwo1_500

Veja só você. Não é mais a menina de olhar encabulado por baixo de um cabelo encaracoladamente lindo que, anos mais tarde, mudaria para um liso escorrido por fazer mais o estilo padrão da moda na época.

O sorriso fácil também já não vem com a mesma generosidade de outrora. Hoje, anda escondido atrás de suas roupas de marcas, que marcam quase tudo e só mostram o que não importa, já que o sorriso era (esse sim) sua marca mais reveladora. E talvez a mais atraente.

Também já não é mais aquela menina que se perdia nos cantinhos do quintal com um livro na mão. E que depois que terminasse esse, fugiria com outro e mais um. Porque, ora, hoje não há mais tempo para livros. O pouco tempo livre que a “maturidade” lhe permite é gasto em musculação, dietas e corridas que não te levam a lugar algum, mas que você não deixa de percorrer, afinal, entre os olhos que te vê, mais vale uma manequim 36 do que 10 vezes esse número em livros na estante.

É triste, menina, mas por favor, me diga. Onde foi que a moda maquiou e escondeu toda aquela verdade que te fazia brilhar de um jeito diferente, e exatamente por isso, tão bonito de se ver? Onde foi que você abriu mão de sua personalidade e vendeu sua alma em busca da mais idiota perfeição pregada em comerciais de shampoo? Onde foi que você desistiu de ser única e foi atrás de um padrão que não padroniza corpos, mas que enjaula mentes?

Onde foi, menina, que você deixou de ser você e se transformou em um produto barato da sociedade do espetáculo e do descartável, com preço e prazo de validade?

 

Leia também: Talvez o amor seja talvez

 

Não chore, menina. Sei que a verdade nem sempre é tão sedutora quanto a mentira florida que eles insistem em te contar. Sei também que na sociedade em que você vive dizer o que se pensa está fora dos padrões, mas alguém tem que te fazer enxergar. Quebrar essa casca de superficialidade que você vestiu pensando agora estar arrasando, quando na verdade nunca esteve tão cafona. Simplesmente, porque não ser você é o mais alto nível da breguice. E se maquiar de aparências é perder a única coisa que de fato tem algum valor. Muito maior do que suas grifes caras é o quanto vale sua identidade, menina. Aquela que não é formada em esteira de produção e vendida em araras na liquidação. Aquela que não é marcada por modismos temporários e empurrada goela abaixo para a massa de consumo. Aquela que não busca um padrão industrializado, mas que admira o alternativo, o menos convencional e o único. É essa a moda que você precisa seguir, menina. Aquela que faz com que seu sorriso seja eterno na mente de alguém que te chame por amor, apenas por ser “diferentemente especial”. Seja diferente, menina. E se tiver que agradar a algum padrão ou a alguém, agrade a si própria, porque ser feliz consigo mesma jamais estará fora de moda.

Homens e a Síndrome da Roupa Curta

curto

Confesso. Já briguei com a Lu por causa de alguma roupa decotada demais ou que a meu ver, escondia de menos. Não é algo que me orgulhe, é verdade, mas que jogue a primeira pedra aquele que nunca passou por esse papelão. Não chegou a ser uma briga com B maiúsculo, foi mais um reflexo da minha inexperiência. Éramos muito jovens e nosso namoro ainda passava pelos primeiros anos. Hoje, porém, tenho ciência que a discussão de outrora, apesar de boba, foi importante, pois levou até nós um papo que ainda não tinha entrado em discussão, e dessa forma pudemos resolver ali, de uma vez por todas, um problema que ainda aflige muitos casais em épocas mais adultas de suas vidas.

 

curta

E para evitar que a SDRC (Síndrome da Roupa Curta) se espalhe, vamos apresentar abaixo algumas causas, sintomas e formas de tratar a doença. Se você possui um namorado nessa situação (meu Deus!) compartilhe a notícia, pois é caso de utilidade pública.

 

MACHISMO: o nada bom e velho senso de autoridade que alguns homens ainda insistem em achar que possuem sobre suas companheiras.
Sintoma: ondas sufocantes de calor em ver SUA PROPRIEDADE desfilando tamanha gostosura para outros indivíduos da espécie, transformadas em irritabilidade aguda e que com o passar dos anos pode provocar uma leve dor nas regiões extremas da testa, também conhecido como dor de corno.
Tratamento: 8 horas de meditação por dia repetindo o mantra “ninguém é de ninguém, ninguém é de ninguém, ninguém é de ninguém…”. Se após um mês inteiro você ainda achar que sua namorada é obrigada a se submeter a sua avaliação diária para decidir como agradar vossa majestade, o tratamento evolui para camisa de força e reclusão total, porque, né, ninguém aqui é sua nega e não somos obrigados.

 

 Leia também: Morar juntos antes do casamento: sim ou não?

 

INSEGURANÇA: na maioria das vezes a causa do machismo que busca na estupidez uma forma de disfarçar o medo que possui de ser menos do que a mulher espera.
Sintoma: se apresenta com pontadas firmes de ciúmes em sair com uma mulher maravilhosa demais e que pode despertar o desejo de outros homens, fazendo com que sua gata vire os olhos para um cara ~melhor~ do que você.
Tratamento: meu amigo, se você tem uma mulher linda ao seu lado e que lhe dá orgulho em apresentá-la aos amigos, use isso a seu favor e não contra. Desfile mexxxmo com ela, dê beijos em público e aproveite a delícia de ter uma mulher admirada. Acostume-se, ela sempre será desejada por outros. Mas pense, dentre todos os outros tarados ao seu redor ela escolheu você, e a menos que você a mantenha em cativeiro ou presa por um cadeado, você deve se orgulhar disso. Por fim, acredite, é muito melhor ter uma mulher elogiada do que criticada.

 

BOM SENSO (OU A FALTA DELE ): mal que atinge tanto homens quanto mulheres que por algum déficit intelectual acha que o mundo gira apenas ao seu redor, esquecendo-se que em um relacionamento tudo deve ser medido, flexibilizado e contemporizado.
Sintoma: no homem costuma se refletir em uma úlcera nervosa causada por não respeitar a individualidade da parceira, que já possuía seus hábitos de se vestir e uma imagem social estabelecida antes de começar a namorar. Já na mulher provoca um aumento incorrigível e insustentável de arrogância por ignorar totalmente as predileções do parceiro, considerando-se a rainha absoluta do universo e dona do relacionamento.
Tratamento: convenhamos, assim como há homens totalmente desequilibrados, também existem mulheres que não possuem nenhum senso crítico na hora de escolher o vestuário do dia. Mais do que sair “pelada de casa”, há um exibicionismo desnecessário (alimentado pelos instagrams da vida) que até constrange quem passa perto. Para você que pulou a lição que ensina que a sedução está no que se esconde e não no que se revela, tome gotas diárias de autoestima, dessa forma não precisará de cantadas grosseiras na rua para se sentir gostosa. Aos homens, um chazinho diário de inteligência para entender e respeitar a maneira de se vestir de sua companheira e aceitar que por qualquer que seja sua roupa, no fim, será sempre você o único a tirá-la, deve ser o suficiente para evitar os males da SDRC. Se não adiantar, por favor, volte ao tratamento do item 1 dessa receita.

 

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.

 

MODA FEMININA | Biquínis para cada tipo físico

biquinis

 

O verão já está aí e somado ao tão esperado período das férias todo mundo só quer saber de uma coisa: descer a serra a procura da areia branquinha, sol quente e água salgada. Por isso, é hora de nos prepararmos para não fazer feio na praia ou nas fotinhas do Instagram. E não estou falando apenas do corpitcho em dia depois de meses na academia, mas de um detalhe que faz toda a diferença na hora de tombar azinimigas rs, os biquínis. Por isso, depois de alguns posts sobre como descobrir seu tipo físico, está na hora de falarmos sobre o biquíni ideal para cada um deles. Se liga!

 

biquinis1

O famoso corpo violão. Abençoado que seja, cai bem com praticamente todos os tipos de biquínis.

 

biquinis2

As características desse corpo, como uma barriguinha saliente e seios fartos, pedem biquínis com calcinhas de cintura alta e mais largas na lateral, assim como as alças do sutiã mais grossas para dar sustentação. Maiôs e biquínis de hot pants são os mais indicados. As peças lisas e escuras diminuem também o volume. Trajes de banho com linhas verticais e decotes em V alongam a silhueta.

 

biquinis3

Biquínis que criem uma ilusão de silhueta mais curvilínea, como maiôs engana mamãe, detalhes com babados, estampas e lacinhos. São indicados também curtininhas e tomara-que-caia.

 

biquinis4

Nesse caso, o ideal é disfarçar a área de mais volume, o quadril. Para isso, você pode usar cores escuras na calcinha e laterais mais largas. Já na parte de cima, está liberado babados, tomara-que-caia, bojo e estampas coloridas, para dar mais volume e equilibrar.

 

biquinis5

Como os ombros são mais largos que o quadril, deve-se optar por estampas lisas e cores escuras em cima, no sutiã e valorizar a calcinha, com babados, estampas, cores fortes. Tomara-que caia e modelos sem alça são os mais indicados.

 

Bônus:

 

SEIOS GRANDES

O ideal para que tem seios mais fartos são modelos de sutiã que dão bastante sustentação, com alças largas. Se for usar tomara-que-caia, use aquele que tem asas reversíveis e peças com sustentação nas costas. Biquínis com bojo e sem volume podem ajudar também. Evite estampas, babados e tudo que chame mais atenção para essa área.

 

biquinis6

 

SEIOS PEQUENOS:

Deve-se valorizar ao máximo essa área com cores vivas, estampas, babados e acessórios metálicos. Aposte em tomara-que-caia, curtininhas e tudo mais que chamar atenção para o busto.

 

biquinis7

 

 

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.