Moda Masculina | Tipos de barba para cada formato de rosto

Figura12

Faça amor, não faça a barba. Esse é o lema que tem ganhado cada vez mais adeptos nos últimos anos quando o assunto é beleza masculina. Se por um tempo ostentar aquele pelo espesso na cara era sinal de descaso, falta de higiene e até estereótipo de classe social inferior, hoje, meu amigo, ser barbudo é a última moda.

O eleitorado feminino é um dos maiores entusiastas dessa tendência, talvez inspirado pela exibição aparentemente mais robusta da figura masculina ou algum resquício primitivo do desejo neandertal. Ainda assim, o tema rende discussão. Se há mulheres que adoram um ursinho peludo, há também quem prefira beijar bochechas lisinhas igual bumbum de neném. Também não podemos nos esquecer dos indissolúveis problemas com alergias na pele que atacam a homens e mulheres.

Ta certo que essa é uma questão importante até certo ponto. Porque convenhamos, se o cara for o Rodrigo Hilbert ele pode aparecer com barba, sem barba, careca ou com meio quilo de arroz grudado nos pelos da cara que eu duvido que a mulherada ligará. Mas se você, assim como eu, não é o marido da Fernanda Lima, então é melhor saber como usar esse “acessório” como ponto positivo. E é aí que entra os tipos de barba que melhor se adaptam a cada tipo de rosto.

A ideia é simples. Valorizar aquilo que deve ser valorizado e disfarçar aquilo que deve ser disfarçado. Para isso, você tem que ter uma mínima noção sobre o formato de seu rosto – quadrado, redondo, triângulo invertido, ovalado. Se você tem um espelho em casa, essa não será uma missão muito difícil.

 

1 – Barba por fazer

1

A queridinha das mulheres. Com pelos curtos e ligeiramente desajeitados, a barba por fazer suaviza os traços do rosto e ainda dá aquela cara, “acordei e não me barbei para sair, ó como sou despojado.” Ideal para rostos quadrados, suavizando o jeito robusto da face.
Obs.: barba por fazer não é sinônimo de barba desgrenhada. Cuide-se.

 

2 – Barba cheia

6

A evolução da barba por fazer, agora com pelos longos e bem aparado nas laterais. Combina com rostos triangulares, pois ajuda a disfarçar a diferença de proporção do rosto, deixando-o mais homogêneo.

 

3 – Barba completa com volume no pescoço

2

A evolução da barba cheia, agora, sem limites. Ocupando mais o pescoço do que a bochecha, esse tipo é interessante para rostos redondos, pois alongará o formato da face. Mas cuidado, se a barba tiver também muito grande para os lados pode deixar o rosto ainda mais arredondado.

 

4 – Barba Old Dutch

5

Super na moda. Tem inclusive se tornado um tipo de uniforme para publicitários e geeks em geral. De inspiração retrô, possui muitos pelos, que se intensificam na parte debaixo do queixo. Se adapta bem a praticamente todos os formatos, com exceção do triangular, pois pode alongar demais o rosto.

 

5 – Bigode e Cavanhaque

4

Há quem goste (não é o meu caso). O bigode até está relativamente na moda, com essa onda moustache de virar suas pontas para cima. Combina com rostos triangulares, pois aumenta a largura da face e do queixo. Já o cavanhaque, com seu formato quadrado vai melhor em rostos redondos, pois ajuda a diminuir os traços circulares.

E finalmente, se você nasceu com o rosto ovalado, pode se considerar um grande sortudo, pois é esse o tipo de rosto mais eclético possível e que cai bem com praticamente todos os formatos de barba.

Agora, é só analisar qual o formato de seu rosto, escolher um barbeado e andar por aí desfilando seu charme Hilbertiano!

 

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.

 

Homens e a Síndrome da Roupa Curta

curto

Confesso. Já briguei com a Lu por causa de alguma roupa decotada demais ou que a meu ver, escondia de menos. Não é algo que me orgulhe, é verdade, mas que jogue a primeira pedra aquele que nunca passou por esse papelão. Não chegou a ser uma briga com B maiúsculo, foi mais um reflexo da minha inexperiência. Éramos muito jovens e nosso namoro ainda passava pelos primeiros anos. Hoje, porém, tenho ciência que a discussão de outrora, apesar de boba, foi importante, pois levou até nós um papo que ainda não tinha entrado em discussão, e dessa forma pudemos resolver ali, de uma vez por todas, um problema que ainda aflige muitos casais em épocas mais adultas de suas vidas.

 

curta

E para evitar que a SDRC (Síndrome da Roupa Curta) se espalhe, vamos apresentar abaixo algumas causas, sintomas e formas de tratar a doença. Se você possui um namorado nessa situação (meu Deus!) compartilhe a notícia, pois é caso de utilidade pública.

 

MACHISMO: o nada bom e velho senso de autoridade que alguns homens ainda insistem em achar que possuem sobre suas companheiras.
Sintoma: ondas sufocantes de calor em ver SUA PROPRIEDADE desfilando tamanha gostosura para outros indivíduos da espécie, transformadas em irritabilidade aguda e que com o passar dos anos pode provocar uma leve dor nas regiões extremas da testa, também conhecido como dor de corno.
Tratamento: 8 horas de meditação por dia repetindo o mantra “ninguém é de ninguém, ninguém é de ninguém, ninguém é de ninguém…”. Se após um mês inteiro você ainda achar que sua namorada é obrigada a se submeter a sua avaliação diária para decidir como agradar vossa majestade, o tratamento evolui para camisa de força e reclusão total, porque, né, ninguém aqui é sua nega e não somos obrigados.

 

 Leia também: Morar juntos antes do casamento: sim ou não?

 

INSEGURANÇA: na maioria das vezes a causa do machismo que busca na estupidez uma forma de disfarçar o medo que possui de ser menos do que a mulher espera.
Sintoma: se apresenta com pontadas firmes de ciúmes em sair com uma mulher maravilhosa demais e que pode despertar o desejo de outros homens, fazendo com que sua gata vire os olhos para um cara ~melhor~ do que você.
Tratamento: meu amigo, se você tem uma mulher linda ao seu lado e que lhe dá orgulho em apresentá-la aos amigos, use isso a seu favor e não contra. Desfile mexxxmo com ela, dê beijos em público e aproveite a delícia de ter uma mulher admirada. Acostume-se, ela sempre será desejada por outros. Mas pense, dentre todos os outros tarados ao seu redor ela escolheu você, e a menos que você a mantenha em cativeiro ou presa por um cadeado, você deve se orgulhar disso. Por fim, acredite, é muito melhor ter uma mulher elogiada do que criticada.

 

BOM SENSO (OU A FALTA DELE ): mal que atinge tanto homens quanto mulheres que por algum déficit intelectual acha que o mundo gira apenas ao seu redor, esquecendo-se que em um relacionamento tudo deve ser medido, flexibilizado e contemporizado.
Sintoma: no homem costuma se refletir em uma úlcera nervosa causada por não respeitar a individualidade da parceira, que já possuía seus hábitos de se vestir e uma imagem social estabelecida antes de começar a namorar. Já na mulher provoca um aumento incorrigível e insustentável de arrogância por ignorar totalmente as predileções do parceiro, considerando-se a rainha absoluta do universo e dona do relacionamento.
Tratamento: convenhamos, assim como há homens totalmente desequilibrados, também existem mulheres que não possuem nenhum senso crítico na hora de escolher o vestuário do dia. Mais do que sair “pelada de casa”, há um exibicionismo desnecessário (alimentado pelos instagrams da vida) que até constrange quem passa perto. Para você que pulou a lição que ensina que a sedução está no que se esconde e não no que se revela, tome gotas diárias de autoestima, dessa forma não precisará de cantadas grosseiras na rua para se sentir gostosa. Aos homens, um chazinho diário de inteligência para entender e respeitar a maneira de se vestir de sua companheira e aceitar que por qualquer que seja sua roupa, no fim, será sempre você o único a tirá-la, deve ser o suficiente para evitar os males da SDRC. Se não adiantar, por favor, volte ao tratamento do item 1 dessa receita.

 

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.

 

Estilo a dois | Versão 2015

Oi gente!

O Estilo a dois finalmente voltou de férias. \o/ Estávamos precisando desse tempinho longe da Internet para dar uma descansada e refletir sobre novas formas de continuar melhorando o blog. Para isso, pensamos em algumas ações que poderão facilitar a nossa comunicação com vocês que sempre nos dão tanta atenção, e entre elas, está essa aí debaixo. É só a apresentação, mas já é o primeiro de muitos vídeos que virão do nosso canal no YouTube.

Esperamos que gostem. Estávamos com saudade de voltar a postar.

E ah, para ver em HD basta alterar no cantinho direito do vídeo: detalhes > qualidade > HD.

 

Beijos

MODA FEMININA | Biquínis para cada tipo físico

biquinis

 

O verão já está aí e somado ao tão esperado período das férias todo mundo só quer saber de uma coisa: descer a serra a procura da areia branquinha, sol quente e água salgada. Por isso, é hora de nos prepararmos para não fazer feio na praia ou nas fotinhas do Instagram. E não estou falando apenas do corpitcho em dia depois de meses na academia, mas de um detalhe que faz toda a diferença na hora de tombar azinimigas rs, os biquínis. Por isso, depois de alguns posts sobre como descobrir seu tipo físico, está na hora de falarmos sobre o biquíni ideal para cada um deles. Se liga!

 

biquinis1

O famoso corpo violão. Abençoado que seja, cai bem com praticamente todos os tipos de biquínis.

 

biquinis2

As características desse corpo, como uma barriguinha saliente e seios fartos, pedem biquínis com calcinhas de cintura alta e mais largas na lateral, assim como as alças do sutiã mais grossas para dar sustentação. Maiôs e biquínis de hot pants são os mais indicados. As peças lisas e escuras diminuem também o volume. Trajes de banho com linhas verticais e decotes em V alongam a silhueta.

 

biquinis3

Biquínis que criem uma ilusão de silhueta mais curvilínea, como maiôs engana mamãe, detalhes com babados, estampas e lacinhos. São indicados também curtininhas e tomara-que-caia.

 

biquinis4

Nesse caso, o ideal é disfarçar a área de mais volume, o quadril. Para isso, você pode usar cores escuras na calcinha e laterais mais largas. Já na parte de cima, está liberado babados, tomara-que-caia, bojo e estampas coloridas, para dar mais volume e equilibrar.

 

biquinis5

Como os ombros são mais largos que o quadril, deve-se optar por estampas lisas e cores escuras em cima, no sutiã e valorizar a calcinha, com babados, estampas, cores fortes. Tomara-que caia e modelos sem alça são os mais indicados.

 

Bônus:

 

SEIOS GRANDES

O ideal para que tem seios mais fartos são modelos de sutiã que dão bastante sustentação, com alças largas. Se for usar tomara-que-caia, use aquele que tem asas reversíveis e peças com sustentação nas costas. Biquínis com bojo e sem volume podem ajudar também. Evite estampas, babados e tudo que chame mais atenção para essa área.

 

biquinis6

 

SEIOS PEQUENOS:

Deve-se valorizar ao máximo essa área com cores vivas, estampas, babados e acessórios metálicos. Aposte em tomara-que-caia, curtininhas e tudo mais que chamar atenção para o busto.

 

biquinis7

 

 

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.

 

MODA FEMININA | Como lidar com as sobrancelhas?

Se tem uma coisa que transforma o rosto de uma pessoa e que em muitas vezes não é tão levada a sério é a tal da sobrancelha. #casadevallfeelings. De um detalhe esquecido a personagem importante no rosto feminino, elas são fundamentais para compor a harmonia e expressão de cada pessoa. Por isso, se feitas de maneira errada, já era, não haverá make ou plástica que resolva e sua simples mudança pode promover um efeito brutal. Quer ver?

sobrancelhas
Eu já tive altos e baixos com a minha e pensando em ajudar mais mulheres como eu, vou dar algumas dicas:

* Tente seguir o formato original das suas sobrancelhas, pois alterá-lo demais as deixarão muito artificiais.
* Não afine demais as sobrancelhas, pois dão uma aparência envelhecida ao rosto (além de correr o grave risco da baranguisse)
* Eu uso e adoro o Duo para sobrancelhas da Contém 1g, além do kit para sobrancelhas da NYX.
* O lápis universal para sobrancelhas funciona muito bem também. Uso o da Vult e gosto muito, mas tem diversas marcas legais.

Leia também: O poder do rímel

Abaixo a figura explica de modo didático o que podemos fazer para definir o formato mais adequado ao nosso rosto.

 

sobrancelhas2

 

1 – Pegue um lápis ou pincel e meça o início dos olhos com a pontinha do nariz. Faça um traço para marcar onde começará a sobrancelha. Pince o que ficar de fora.

2 – Do ínicio do nariz, passando pelo meio da bolinha branca do olho, você encontrará onde a sobrancelha deve ter seu ponto mais alto (arquear).

3 – Meça do início do nariz até o final do seu olho e descobrirá onde a sobrancelha deverá terminar. Tire os pelos que ficarem fora ou complete se ficou curta demais.

Se você não quer se arriscar, não se preocupe. Hoje já possuem as Designers de Sobrancelha que fazem mágica no rosto das pessoas. Uma delas é a Carol Corrêa. Além de ótima e atenciosa, ela nos ajuda a entender melhor o formato do nosso rosto. Abaixo a Fan Page dela no Facebook para que possam conhecer melhor o seu trabalho.

Carol Corrêa: Fan Page

10387473_700909916660048_1161839119381516338_n

 

E aí, já conseguiram fazer as pazes com as suas sobrancelhas? Conta pra gente.

 

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.

 

Moda masculina | Tipos de relógios para homens

post relogios8

Minha pequena coleção \0

Confesso, relógios estão para mim como sapato e Discovery Home Health estão para a Lu. (Talvez nem tanto, mas próximo). Da pequena lista de acessórios masculinos – que tem crescido, é verdade, nenhum representa tão bem a síntese do homem moderno quanto o desenvolvimento do design de relógios nas últimas décadas. Com formatos extremamente versáteis para todos os estilos e ocasiões é difícil não encontrar um que você goste e se você, meu nobre amigo, não gosta é de usar relógio, que me desculpe, mas sem ele você pode estar absolutamente impecável, que nunca se sentirá um verdadeiro James Bond.

Para escolher o melhor tipo de relógio para você não é preciso muito mais do que bom senso. A regra é clara. É alto e forte? Relógios grandes e corpulentos. É baixo? Opte por caixas menores. Caso a ordem se inverta é bem provável que você vire motivo de piada por aí. Como estou no meio do caminho com meus 1,87 (#sqnunca), fico variando entre os dois tamanhos, dando sempre preferência aos relógios de corpos maiores. São mais imponentes e marcantes, além de possuírem um design mais agressivo e que valoriza o pulso, uma pulseira ou manga da camisa.

Entre as principais categorias tenho pelo menos um de cada e uso de acordo com a ocasião e com o que me deixa mais confortável levando em consideração o restante da roupa, humor e expectativa. Não se trata necessariamente de uma regra, mas uma técnica que aprendi e continuo seguindo, dando ao relógio o espaço que lhe é cabível ao estilo masculino: o de protagonista do look.

 

post relogios6

 

Normalmente uso para ocasiões noturnas, como jantares, reuniões ou balada, pois seu tom metalizado gera maior contraste em ambientes de pouca luz, destacando e valorizando a peça. Geralmente, relógios desse tipo em aço ou alumínio são analógicos e embora mais próximos do clássico do que do descolado já apresentam várias opções de design mais moderno. Eu sou amante do prata (muito mais fácil de combinar). Mas há quem prefira os dourados.

 

 

post relogios2

O meu estilo preferido. Extremamente versátil é talvez o modelo que trafega da balada ao piquenique ao baile de gala sem causar arrepios em nenhum lugar. Normalmente opto por esse modelo para trabalhar, pois é discreto a ponto de não ofuscar o olhar de ninguém em uma reunião ou sala de aula, mas imponente na medida certa e já gerou inúmeros comentários despretensiosos de quem eu nem imaginava terem reparado. Aliás, nessa categoria a Fóssil tem modelos maravilhosos e por um preço honesto, considerando o ótimo nível e acabamento do relógio.

 

 

post relogios3

Exclusivamente esportivo e, portanto voltado EXCLUSIVAMENTE à prática de exercício físico, tipo malhar, correr, nadar etc. O cara que usa um relógio desses para uma reunião com o chefe provavelmente usa também abadá pra dar passeio ao shopping. É a categoria que normalmente apresenta funcionalidades mais abrangentes, como cronômetro, hodômetro, GPS, calendário, marcador de profundidade… Seu corpo em plástico faz com que seja mais leve, interferindo menos no exercício e facilitando a vedação contra água, terra e poeira. A Puma tem boas versões nesse segmento. Se quiser investir um pouco mais, vá de Polar.

 

 

post relogios7

 

Vou colocar nessa categoria os relógios que não se enquadram nas classes anteriores e que normalmente são usados em eventos informais e de lazer. Relógios coloridos com opções de pulseiras em duas cores ou acompanhados de braceletes estão bem na moda e são boas apostas para um churrasco ou passeio durante o dia. É uma boa oportunidade para testar a versatilidade de um look combinando com um elemento do conjunto, seja sapato, cinto, pulseira, camisa, enfim. As possibilidades são muitas e nesse caso cada um tem que procurar o seu estilo. Nesse quesito a Chilli Beans tem alternativas modernas, descoladas e com preço muito bom. A Swatch também apresenta uma linha de emborrachados em várias cores que é sucesso há muito tempo. E por menos de R$ 300 (na minha caixinha, o segundo da fileira de baixo, da esquerda para a direita)

Por fim, como todo item do tipo que envolve um componente mecânico ou eletrônico a marca é importante, pois pode ser sinônimo de qualidade. Porém, acho que vale muito mais a pena investir em versatilidade do que pagar o preço apenas por uma grife caríssima tipo ostentação. Entre ambos, prefiro ter 4 relógios de R$ 250 a um de R$ 1000. Além do mais, não é o bolso que faz o homem ter estilo, mas o bom gosto #ficaadica.

Moda feminina | Como vestir cada tipo de corpo

post dicas1

Há algumas semanas publicamos um post ajudando as garotas a identificar seu tipo físico, – coisa fácil, fácil, mas que toda mulher que quer se vestir com bom senso deve saber. Pois então, hoje vou falar de alguns pequenos truquezinhos que podem ajudar a equilibrar o visual de cada um dos tipos mostrados, valorizando ou evitando determinada combinação.  Venha ver se você se encaixa em alguns dos modelos abaixo e fique ligada na hora de comprar aquela roupitcha que cairá como uma luva em seu corpo.

 

Veja também: Descubra o seu tipo físico

 

OVAL

O corpo oval, também conhecido como maçã, caracteriza-se por ter a cintura mais larga do que os ombros e quadris.

Use: Você pode levar o foco para o rosto e ombros, usando muitos brincos e colares. Decotes grandes em U e V ajudam a alongar. Cintos abaixo dos seios, estampas com padrões pequenos com fundo escuro, calças retas e camisa até a metade do quadril são outras dicas.

Evite: Decotes ‘’carecas’’: a ausência dos decotes provoca uma sensação de achatamento. Roupas com listras horizontais, muito justas, ou tecidos com estampas grandes. Evite usar tecidos volumosos e calças com barras afuniladas.
Peças curtas também encurtam a silhueta.

post dicas2

 

 

PÊRA/TRIÂNGULO

Sua cintura é bem definida e os seus quadris são maiores que seu busto. Você ganha peso facilmente no bumbum, quadris, pernas e barriga.

Use: Para vestir um corpo pêra o ideal é adicionar volume a sua parte superior para realçar sua cintura e disfarçar sua metade de baixo para criar uma aparência equilibrada. Decotes estilo ‘’careca’’, mais fechados, tomara-que-caia, frente única, babados nos ombros e estampas grandes. Use cores vibrantes, blusas acinturadas e com detalhes horizontais.

Evite: Calças e saias que dêem mais volume ao quadril. Evite também usar saias e vestidos com pregas e decotes acentuados em ‘’V’’. Prefira saias, shorts e calças de cores escuras para disfarçar o volume. Se for o que você quer, o mesmo não vale para as mulheres frutas da vida.

post dicas3

 

 

 

AMPULHETA

Seu busto e quadris são bem equilibrados e você tem uma cintura bem definida, o famoso corpão violão.

Use: Para vestir um tipo de corpo ampulheta deve-se vestir proporcionalmente a parte de cima e de baixo do seu corpo ao acentuar a sua cintura. Invista em cintos finos e contrastantes com a roupa. Use blusas de mangas curtas e justas. Use calças mais retas e de cintura baixa. Saias mais justas ajudam a definir o corpo ampulheta.

Evite: Roupas muitos soltas ou bastante retas e muitos detalhes nos ombros. Se abusar do decote, suavize as pernas e vice-versa.

post dicas4

 

 

 

RETÂNGULO

Seu quadris e busto são equilibrados e a sua cintura não é muito definida. Você precisa criar formas, dando uma ilusão de cintura.

Use: blusas e vestidos com decotes em V ou U. Use cintos e faixas acima da cintura, peças justas, que afunilam (boyfriend, cenoura) e tecidos com textura. Também use saias que dêem mais volume ao quadril como as rodadas (tulipas).

Evite: Roupas muito largas, golas altas e calças com pregas. Também evite usar blusas que são presas ao quadril com elástico.

post dicas5

 

 

 

TRIÂNGULO INVERTIDO

O formato de corpo triângulo invertido é aquele com ombros maiores do que a cintura e o quadril. Para dar equilíbrio, deve-se valorizar o quadril e disfarçar um pouco os ombros largos. O contraste de cores escuras e claras, neutras e vivas ajuda a balancear as proporções do seu tipo físico. Roupas lisas, escuras, sem brilhos na parte de cima e, na parte de baixo, cores claras, vivas, chamativas. São ótimos também detalhes como estampas, babados, bolsos e recortes.

Use: Blusas com barra (na altura do quadril) bordada ou com brilho, peplum, decotes em V, lenços, calças volumosas, saias e calças estampadas.

Evite: Decote canoa, gola alta, camisas e casacos estampados, blusas com bolsos aparentes, qualquer volume perto dos ombros, como mangas bufantes e ombreiras, leggings, calças skinny.

post dicas6

 

E aí, faltou alguma diquinha que você pratica? Conta pra gente!

 

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.

Moda Feminina | Detetive de Estilo

detetive1

 

Mais um Detetive de Estilo das nossas queridas e amadas fast fashions. Fui ao Boulevard e dei uma passadinha na C&A, Riachuelo e Renner. Abaixo conto para vocês mais um pouco sobre cada uma delas.

P.S.: Desculpem a qualidade das fotos, meu celular estava de TPM nesse dia. =(

 

detetive2

Achei esse macaquinho lindo por R$ 79,90. Tem um detalhe bonito nas costas e achei que vestiu super bem!

 

detetive3

Queria ter trazido essa flare linda pra casa, mas não deu $$$! Estava na promo de R$ 79,90 e o jeans é muito bonito e tem uns rasgados legais…

 

detetive4

Vi ontem que essas rendinhas do estilo pijama são a nova tendência. Então tratei de tirar uma foto. Estava por R$ 79,90 e é super confortável. A legging floral eu trouxe pra casa comigo, estava por R$ 35,90 e na hora que passei no caixa TCHARAM! R$ 29,90 – ADORO!

 

detetive5

Sapatinhos munitinhos na Riachu. Alpargata por R$ 59,90, essa sandália diva estilo Schutz por R$ 99,90 e esse modelinho de tênis estilo Keds por R$ 49,90.

 

detetive6

Achei linda essa batinha preta com manguinhas de babado, estava por R$ 79,90, O kimono última moda estava também por R$ 79,90. O que está acontecendo que tudo estava de R$ 79,90? Oi?

 

detetive7

Bolsas coleção Ateen para C&A. Caras, porém DIVAS! A primeira por R$ 169,90 e a segunda por R$ 199,90. Ui! E esse peep toe nude (tem que ter) por apenas R$ 49,90 Dilmas.

 

detetive8

Passei rapidamente na Renner, então não vi muita coisa. Mas achei esse vestido preto bafhônico para as festas de final de ano, por R$ 159,90 todo em renda guipir. E essa camisa jeans que amei demais por R$ 99,90.

 

E vocês, acharam mais algumas coisitas essa semana? Gostaram dos achadinhos?

 

MODA FEMININA | Dicas para alongar e afinar a silhueta – PARTE 2

Na última sexta postamos alguns truquezinhos femininos que são o máximo na hora de compor um look que favoreça seu biotipo valorizando uma silhueta mais fina e esbelta. Pois então, como era muita coisa legal pra falar sobre o mesmo tema, trazemos hoje a segunda parte do post, com dicas fáceis e visuais daquilo que pode fazer uma super diferença na hora de escolher entre uma peça e outra. É de se impressionar! Veja e aproveite o fim de semana para botar as “técnicas” MARA em ação.

Quer ver a parte 1 desse post? Clique aqui!

 

magra6

 

 

magra7

 

 

magra8

 

 

magra9

 

 

magra10

 

 

magra11

 

E aí, faltou algum truquezinho que vale a pena compartilhar? Conta pra gente!

 

P.S.: Se você é o detentor dos créditos de alguma das imagens utilizadas nesse post, entre em contato. Teremos o maior prazer em creditá-las à você.

Look Duplo | Dias de sol

p1

Continuando a série de looks para a estação primavera/verão o Estilo a dois traz hoje uma opção para um passeio diurno casual, (feirinha, churrasco, almoço com a família ou shopping) onde o calor não esteja de matar. Dessa forma é possível combinar elementos coloridos como as estampas da camisa do Trick (que adoro) e de minha calça floral com tons mais frios e monocromáticos, como o cinza. Soma-se ainda a estabilidade do jeans (espero que tenham reparado nossa combinação proposital hahaha).

Veja também: Look duplo | Primavera

Ah, para uma proposta dessa o tênis vai muito bem, obrigada. E no meu caso combina com o estilo meio girly que queria para a proposta primaveril do look, realçando os acessórios como o lacinho rosa do cabelo, a bolsa carteiro turquesa e a calça floral. No do Trick combina com azul manchado e com a barra desfiada da bermuda. Com uma camisa dessas, não precisava de mais informação do que já tem.

 

p6

dela1

(Jaqueta jeans – C&A | Regata  – Hering | Calça – Renner  | Tênis – Keds | Bolsa – Brás SP)

 

 

p7

dele1

(Camisa – Riachuelo | Bermuda  – Riachuelo | Tênis – New Balance | Relógio – Puma)

 

 

p8duplo1

 

 

CRÉDITOS:

Bruno Silva Fotografia